Cristianne Fridman relata como ‘adaptou’ Amor Sem Igual ao coronavírus: “Retirei contato físico”

Episódios inéditos estreiam na próxima semana

Publicado há um mês
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Falta pouco para o público voltar a conferir as emoções inéditas de Amor Sem Igual. A gravação dos mais de 40 capítulos que comporão a fase final da trama da Record TV aconteceu em cerca de dois meses – uma agilidade que só foi possível graças ao esforço e concentração de todos, sem perder de vista os protocolos de segurança.

Tal força-tarefa, aliás, começou diretamente na autora do folhetim, Cristianne Fridman. Partiu dela o cuidado extra de adaptar seus novos roteiros ao ‘novo normal’.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Adaptei de acordo com o protocolo de segurança contra o coronavírus. Retirei contato físico – beijos, abraços e lutas -, reduzi [o número de] figurantes e  de personagens em cena, mínimo de comida no set…”, revelou a novelista à coluna de Flávio Ricco, do portal R7.

Sobre os acontecimentos que ainda estão por vir, Fridman promete uma reta final eletrizante para Poderosa (Day Mesquita), Miguel (Rafael Sardão) e cia. “Haverá muitas reviravoltas [entre os protagonistas]. Os desfechos já se iniciando e trazendo surpresas!“, adianta ela.

Os capítulos inéditos de Amor Sem Igual começam a ir ao ar no próximo dia 28 (quarta-feira). Até lá, o público da Barra Funda segue acompanhando um compacto de 26 capítulos da primeira fase da história, em exibição desde 22 de setembro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio