Correspondente da Globo, Raquel Krähenbühl lembra cobertura marcante: “Não consegui dormir”

A jornalista participa da série #ElaEmPauta

Publicado em 2/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Twitter lançou, nesta quinta-feira (01), mais um episódio da série #ElaEmPauta. Na produção, jornalistas mulheres contam suas histórias em meio aos desafios da profissão. Neste episódio, Raquel Krähenbühl, correspondente da TV Globo em Washington, nos Estados Unidos, falou sobre sua carreira internacional.

A jornalista participou da cobertura de momentos importantes da história americana, como as manifestações contra o racismo, a invasão ao Capitólio (sede do Congresso americano) e a posse de Joe Biden, eleito presidente no fim do ano passado.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“2020 e 2021 foram os anos nos quais eu fiz as coberturas que mais me emocionaram, começando pelos protestos contra racismo em Washington. Também cobri as eleições americanas, que foram super intensas e tensas, e depois na posse de Joe Biden. Estive presente na cobertura da invasão do Congresso e foi a mais marcante de todas. Foram os dias que fiquei com mais medo em cobertura e não consegui dormir”, contou Raquel Krähenbühl.

O primeiro vídeo da série foi publicado no final de março e contou com a participação de Luciana Barreto, âncora da CNN. Em maio, a plataforma divulgou a história de Fabiana Moraes, jornalista e professora de Recife. Na sequência, foi a vez de Mariana Becker, especialista em Fórmula 1e que tem acompanhado a categoria desde 2008.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio