Copa do Nordeste gera desconforto entre Globo e SBT

Publicado há 2 anos
Por Fabio Augusto
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Copa do Nordeste 2019 causou um desconforto total entre Globo e SBT.

De acordo com o Notícias da TV, o diretor do SBT Nordeste, Cyro Thomaz, acusa a rival de sabotar o torneio para “esvaziar as transmissões”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O SBT conseguiu os direitos de exibição da Copa do Nordeste neste ano, mas uma questão está intrigando a emissora de Silvio Santos.

Cyro alega que a Globo convenceu o Sport a desistir do campeonato no ano que vem, a exemplo deste ano.

O clube, um dos principais da região, cedeu e não participará novamente da liga.

Com isso, a audiência do torneio tende a cair, já que o Sport faz sucesso tanto em Pernambuco (estado de origem do clube) quanto em todo o Nordeste.

A equipe já venceu o campeonato três vezes e ficou em segundo lugar em 2017.

Leia mais: Band surpreende ao anunciar que irá exibir futebol a partir de agosto

Para o diretor, a influência da Globo foi crucial para isso. “O Sport não participou do campeonato em 2018 por influência direta da Globo”, afirmou.

“A Globo não trabalha no cenário futebolístico com a possibilidade de que um torneio importante seja exibido por uma concorrente. Ela é capaz de criar um campeonato paralelo, se for o caso, só para inviabilizar a transmissão das outras emissoras”, completou.

Copa do Nordeste gera climão entre emissoras

Procurada, a Globo negou as acusações e disse que não tem o poder de interferir em nenhum campeonato, muito menos nas decisões de um clube.

O Sport não quis comentar o caso, mas alguns dirigentes do time dizem que o campeonato não gera receita necessária e é deficitário – fato que outras equipes desmentem.

Leia mais: Rede TV! faz acordo com ESPN e irá exibir futebol

As transmissões do SBT serão feitas para as afiliadas da região todas as terças à noite e aos sábados à tarde. Começam em janeiro e terminam em maio.

De acordo com o setor comercial da emissora, cada cota de patrocínio custará 38 milhões de reais, por isso o canal pretende dobrar o número de anunciantes para aumentar o faturamento.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio