Conversas para o Amanhã: Globoplay exibe reflexões sobre o futuro

Iniciativa integra o projeto da Globo Quando Isso Tudo Passar

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O recém-lançado projeto integrado da Globo Quando Isso Tudo Passar inicia uma nova jornada com o Conversas para o Amanhã. Trazendo especialistas e personalidades das mais diversas esferas, a iniciativa – coproduzida entre Globo, GloboNews e Museu do Amanhã – reúne cinco conversas para refletir sobre o futuro pós-pandêmico.

Os debates chegam ao Globoplay a partir desta quinta-feira (25), com uma roda de conversa diária, nos dias 25 e 26 de fevereiro, e 1, 2 e 3 de março. Além do streaming da Globo, será possível acompanhar os conteúdos também no YouTube do Museu do Amanhã, todos os dias, a partir das 17h.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Entre os assuntos Ciência, cultura e sociedade, além de perspectivas sociais, econômicas e ambientais. Entre os convidados estão expoentes como o doutor Drauzio Varela, a empresária Luiza Helena Trajano, o cantor e compositor Carlinhos Brown, o artista plástico Vik Muniz, a psicanalista Vera Iaconelli, e Mônica Calazans, a primeira pessoa a tomar a vacina contra o coronavírus no Brasil.

As rodas de conversas – que serão mediadas pelas jornalistas Aline Midlej e Leila Sterenberg, da GloboNews – convidam o público a refletir sobre o que queremos construir para o amanhã, com base no legado que o enfretamento à pandemia nos deixará. Ousa ainda compreender o quanto esse momento resvala não só no autoconhecimento, mas também na capacidade de olharmos para o outro, para o caminhar junto enquanto sociedade.

Confira a agenda completa abaixo, e os detalhes dos painéis.

‘Do vírus à Pandemia’– 25 de fevereiro (quinta-feira)

A empresária Luiza Helena Trajano, o presidente da CUFA, Preto Zezé e o médico Benilton Bezerra Júnior discutem quais foram os impactos que a sociedade viveu e quantas pessoas sofreram violência durante a pandemia, sabendo que o verdadeiro antídoto para as epidemias não é a separação, mas a cooperação entre países, líderes e pessoas.

‘Essenciais – O Brasil na Pandemia’– 26 de fevereiro (sexta-feira)

A professora Janaina Barros, o médico Josier Vilar e a enfermeira Monica Calazans – a primeira pessoa a tomar a vacina contra COVID no Brasil – conversam sobre as adaptações na sociedade e as inovações e desafios de uma nova era, com a esperança da chegada da vacina no Brasil.

‘Ciência é Protagonista’ – 1º de março (segunda-feira)

O médico Drauzio Varela, a diretora da Anistia Internacional Jurema Werneck e Luiz Alberto Oliveira, físico e um dos curadores da exposição‘Coronaceno: Reflexões em tempos de pandemia’, falam sobre o papel fundamental da ciência e da medicina para superar a pandemia. Na pauta da conversa estão tópicos como a corrida pela vacina, o aprofundamento das desigualdades e a necessidade investimentos em educação para garantir a ciência do amanhã.

‘A Cultura é o Caminho’ – 2 de março (terça-feira)

Os artistas Carlinhos Brown, Bia Lessa e Vik Muniz pautam as mudanças e as nuances da cultura nesses últimos tempos, com a ascensão das lives e com a própria ressignificação do ser, do existir e do resistir artista. Além desses temas, os convidados ainda falam sobre projetos para o futuro da arte, como pensar o Carnaval pós-pandemia e os desafios da criação artística em meio a um Brasil desigual no acesso à tecnologia.

‘Sociedades Transformadas’– 3 de março (quarta-feira)

A economista Laura Carvalho, a psicanalista Vera Iaconelli e o cientista Silvio Meira discutem quais os desafios sociais e econômicos da atualidade, e como a pandemia está fazendo de nós mais empáticos e solidários.

Conversas para o Amanhã: de 25 de fevereiro a 3 de março, no Globoplay e YouTube do Museu do Amanhã.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio