Conversa com Bial discute participação popular na política através da tecnologia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Não é nada fácil aprovar um projeto de iniciativa popular no Brasil. Para que uma ideia seja aceita pela Câmara dos Deputados, 1% do eleitorado brasileiro precisa assinar a proposta — o que equivale a cerca de 1,5 milhão de pessoas. Em meio ao atual cenário político do Brasil, Pedro Bial recebe duas importantes figuras da democracia brasileira: o autor da ‘Lei Ficha Limpa’, Marlon Reis, e o advogado e especialista em tecnologia, Ronaldo Lemos, que vêm ao palco para apresentar um aplicativo que promete revolucionar a participação popular na política.

O ‘Mudamos’, disponível para smartphones desde o início do ano, é pioneiro no mundo e já possui cerca de 400 mil downloads. Sua ideia consiste em recolher assinaturas coletadas por meios eletrônicos, que já vão auditadas diretamente para o governo. Vencedora do Desafio Social do Google 2016, que escolhe as ideias tecnológicas mais revolucionárias para a sociedade, a ferramenta está sendo estudada para o uso em países como Estados Unidos e Argentina.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Esse é o assunto do momento”, diz Marlon Reis. O jurista, que trabalhou mais de um ano para coletar 1,6 milhão de assinaturas para a ‘Lei Ficha Limpa’, conhece a dificuldade da sugestão de um projeto e acredita que o aplicativo tem sua importância principalmente devido ao cenário político atual. Ronaldo concorda: “As pessoas estão vivendo uma crise de confiança. Não se acham representadas: as pessoas de Brasília não fazem o que elas querem”. Nesse sentido, o especialista acredita que o dispositivo ajuda a contornar a situação.

O jornalista Raull Santiago também compartilha suas experiências com uso da tecnologia para a promoção da democracia. O ex-repórter da ‘Globo News’ conta um pouco sobre como o celular pode ser uma ferramenta importante para combater arbitrariedades de instituições públicas em comunidades como o Complexo do Alemão, onde mora desde que nasceu. “Quando apontamos uma câmera, mudamos o cenário”, diz.

Padre Fábio de Melo ironiza horário de exibição do Conversa com Bial

Exibido após o ‘Jornal da Globo’, ‘Conversa com Bial’ tem direção artística de Monica Almeida e direção de conteúdo de Ingo Ostrovsky.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio