Conhecida por Chiquititas, Lívia Inhudes estará em próxima novela das 19h da Globo

Publicado há um ano
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Lívia Inhudes, conhecida por interpretar a aspirante a modelo Vivi no remake de Chiquititas, feito em 2013 pelo SBT, estará no elenco da novela Salve-Se Quem Puder, trama de Daniel Ortiz que será a sucessora de Bom Sucesso na faixa das 19 horas da Globo.

A informação é confirmada pela própria atriz. Inhudes fará seu primeiro papel na Globo. Depois de fazer Chiquititas por dois anos no SBT, a jovem só vez um trabalho na televisão: em O Rico e Lázaro, que atualmente está em reprise no horário nobre da Record TV.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Desde então, ela se dedicou mais ao papel de influenciadora digital, graças aos seus altos números nas redes sociais. No Instagram, a atriz tem mais de 6 milhões de seguidores. Já o seu canal no YouTube conta com pouco mais de 2 milhões de inscritos.

Salve-Se Quem Puder tem Talita Younan, Flávia Alessandra, Deborah Secco, Vitória Strada, João Baldasserini, Aline Dias e Felipe Simas como alguns de seus atores ja confirmados.

Também estarão na novela atores como Thiago Fragoso, Marcos Pitombo, Juliana Alves, Dandara Mariana, Rafael Cardoso e Bruno Ferrari. Juliana Paiva será a mocinha principal da novela da Globo. Sabrina Petraglia também foi confirmada recentemente no folhetim. 

A história de Salve-Se Quem Puder

A história da novela começa nos anos 1990, com Flávia Alessandra cruzando a fronteira do México para os EUA e deixando para trás a filha e o marido. Depois de uma passagem de tempo, a moça será Juliana Paiva. Depois, a novela dirigida por Fred Mayrink se passará em São Paulo.

Salve-Se Quem Puder terá gravações iniciadas neste ano e deve estrear no início de 2020. A novela será a primeira totalmente inédita de Daniel Ortiz. Antes, ele fez Alto Astral (baseada em uma sinopse de Andrea Maltarolli) e Haja Coração (remake de Sassaricando, de 1987).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais