Segundo Sol: Conheça Zefa, personagem de Claudia Di Moura

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Segundo Sol, novela de autoria de João Emanuel Carneiro que estreia nesta segunda (14), Claudia Di Moura é Zefa, uma mulher calma, amorosa, conformada, sensível a maternal. Incapaz de levantar a voz, sempre pensa mais nos outros do que em si mesma, foi criada na roça de forma muito humilde, e desde os treze anos trabalha para a família Athayde. Antes de se casar com Claudine (Cássia Kis), Severo (Odilon Wagner) mantinha relações sexuais com Zefa.

Ainda quando morava na fazenda com a família, Zefa engravidou duas vezes, e deu à luz dois meninos, um branco e um negro. O branco ficou com Claudine, que era estéril, sendo batizado posteriormente de Edgar (Caco Ciocler). O negro, Roberval (Fabricio Boliveira) ficou sob os cuidados da própria Zefa, que mentiu a vida inteira que o filho era fruto de uma relação dela com um lavrador da fazenda que morreu de tuberculose.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: André Di Mauro e Liége criticam Aritana e Paulo no Power Couple: “Se beneficiaram às nossas custas”

Com o passar dos anos, Zefa parou de ir pra cama com o patrão. Porém, quando está sozinha com Severo, os dois se tratam com a antiga intimidade que sempre tiveram desde que eram colegas na infância, amantes e depois praticamente um casal que teve dois filhos. Zefa tornou-se também uma verdadeira  irmã de Claudine, a mulher que soube dividir seu marido com ela. No leito de morte, Claudine pede a Zefa que cuide de Severo e dos dois meninos, passando para a negra o bastão de comando feminino daquela família.

Mãe amorosa de Roberval, Zefa toma a decisão mais difícil da sua vida quando seu filho negro é demitido pelo pai e pede para que ela vá embora daquela casa com ele. Ela decide por ficar, atendendo ao pedido de Estela, mas sofre durante anos com a ausência de Roberval. Quando Roberval retorna rico e sedento de vingança, compra a casa da família e faz de todos, inclusive sua mãe de empregados, Zefa fica discretamente feliz. De um jeito torto, sua família pelo menos está junta de novo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais