Conheça os aprovados da segunda noite de Audições às Cegas do The Voice Brasil

Publicado há um ano
Por Greicehelen Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Novas e potentes vozes tomaram conta do palco do The Voice Brasil no segundo dia de Audições às cegas, exibido na última quinta-feira (01), na Globo. Com versões de sucessos consagrados por nomes como Beyoncé, The Jackson 5, Pitty e Marília Mendonça, os candidatos chamaram a atenção de Ivete Sangalo, IZA, Lulu Santos e Michel Teló.

Na disputa para garantir as melhores vozes em seus respectivos times, os técnicos usaram e abusaram do botão de bloqueio, que estará presente durante toda a primeira fase do programa. Ao final do episódio, IZA, Ivete e Michel conquistaram a confiança de três participantes. Já Lulu reforçou sua equipe com mais dois talentos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sendo assim, cada mentor segue para
a terceira noite de audições, que será levada ao ar na próxima terça-feira (06),
com os seguintes integrantes: Time Ivete: Clara Castro; Rebeca Lindsay;
Steici Lauser; Ramon e Rafael; Carol Naemi.

Já o Time IZA: Tony
Gordon; Alexa Marie; Lara Alanys; Willian Kessley; Edyelle Brandão. O Time
Lulu:
Carol Coutas; Paula Araujo; Luciano Bhea; Samara Bueno. Por fim, o Time
Teló:
Maria Kamila; Bruna de Paula; Fernando Junior; Mobi Colombo; Regiane
Balena; Litha.

Conheça a trajetória dos novos
aprovados a seguir:

Lara Alanys (18 anos – São Paulo/SP)

Lara Alanys no palco do programa (Foto: Isabella Pinheiro/ Gshow)

Estudante de publicidade e amante
de soul, pop internacional e jazz, Lara sempre teve a música a seu lado.
Começou a cantar ainda na creche, aos dois anos de idade. Aos 12, começou a
fazer aulas de canto em um coral e, quatro anos mais tarde, deu início às aulas
individuais e com o acompanhamento de uma fonoaudióloga. Tem Beyoncé como maior
inspiração. Para sua audição, escolheu um dos grandes hits da
cantora: Crazy in Love. A apresentação fez os quatro técnicos virarem a
cadeira e Lara optou pela vaga no Time IZA.

Willian Kessley (26 anos – Goiânia/GO)

Willian Kessley no palco do programa (Foto: Isabella Pinheiro/ Gshow)

O goiano sempre gostou de
instrumentos musicais e, desde pequeno, tirava o som das músicas de filmes de
ouvido, sozinho. Ingressou em um coral ainda na infância. Aos 16 anos, começou
a cantar profissionalmente em festas de casamento e mantém o ofício até hoje.
Sempre estudou música por conta própria e chegou a trabalhar como preparador
vocal de artistas como Naiara Azevedo. Cantando Pra Você Acreditar, de
Ferrugem, Willian foi aprovado por todos os técnicos e escolheu seguir com a
cantora IZA.

Steici Lauser (17 anos – Sapiranga/RS)

Steici Lauser no palco do programa (Foto: Isabella Pinheiro/ Gshow)

Ex-participante da versão Kids,
Steici começou sua trajetória musical gravando vídeos para a internet. Hoje tem
uma banda que a acompanha e com a qual faz shows semanais, fruto da
visibilidade que adquiriu a partir de sua passagem pelo programa. Para tentar
vaga no ‘The Voice Brasil’, escolheu a música River, de Bishops Brigs.
Ela foi aprovada por Lulu Santos, Ivete Sangalo e Iza – que foi bloqueada pela
baiana. A estratégia deu certo e Steici segue para a próxima fase no time de Ivete.

Luciano Bhea (48 anos – Rio de Janeiro/RJ)

Luciano Bhea no palco do programa (Foto: Isabella Pinheiro/ Gshow)

Luciano vive de música há pelo
menos 22 anos. Já tocou com Luiz Melodia e abriu show para nomes como Nação
Zumbi, Simoninha e Chiclete com Banana. Descobriu que sabia cantar em um coral
infantil, onde também aprendeu a tocar violão, baixo e guitarra. Dos 15 aos 30
anos se apresentou na noite paulistana e, durante essa experiência, cantou e
tocou nas principais casas de show da grande São Paulo. No Rio de Janeiro,
conheceu outros estilos musicais e desenvolveu seu próprio jeito de tocar MBP –
o que ele chama de MPBHEA. Cantando Esperando Aviões, de Vander Lee,
garantiu sua vaga no time de Lulu Santos.

Mobi Colombo (17 anos – Maringá/PR)

Mobi Colombo no palco do programa (Foto: Isabella Pinheiro/ Gshow)

Mobi começou a cantar em casa,
enquanto o pai e o irmão tocavam violão, mas nunca fez aulas de canto. Com sua
banda, Bela Music, se apresenta em casamentos e eventos. Seu maior
público foi de 5 mil pessoas, quando cantou em uma encenação da Paixão de
Cristo. Além de cantar, toca violão e ukulele. Também gosta de dançar, desenhar
e atuar. Mobi cantou Naked, de James Arthur, e foi aprovada por IZA e
Teló. Ela decidiu seguir para a próxima fase no time do sertanejo.

Regiane Balena (25 anos – Quilombo/SC)

Regiane Balena no palco do programa (Foto: Isabella Pinheiro/ Gshow)

Aos 12 anos, Regiane começou a
fazer aulas de violão; foi quando descobriu que gostava de cantar. Um ano
depois, começou a participar de festivais em sua cidade e saiu vitoriosa de
quatro deles. Com 15 anos, montou uma banda com a qual, há dez anos, canta em
casamentos. Paralelamente, iniciou carreira solo cantando música sertaneja e se
apresenta com ela em barzinhos, nos finais de semana. No palco do ‘The Voice
Brasil’, Regiane cantou o sucesso Ciumeira, de Marília Mendonça, e
conquistou vaga no Time Teló.

Edyelle Brandão (21 anos – Santo Antônio de Jesus/BA)

Edyelle Brandão no palco do programa (Foto: Isabella Pinheiro/ Gshow)

A baiana começou a cantar na igreja
aos cinco anos – mesmo lugar onde hoje lidera um coral evangélico. Atualmente,
dá aulas de canto e trabalha como backing vocal para músicos religiosos. Nesse
ofício, já se apresentou para uma plateia de mais de dez mil pessoas. Para sua
audição, Edyelle escolheu a música “Who’s loving you”, do grupo The Jackson 5.
A apresentação chamou a atenção e rendeu aprovação dos quatro jurados. Ela
segue no programa no time de IZA.

Samara Bueno (30 anos – Americana/SP)

Samara Bueno no palco do programa (Foto: Isabella Pinheiro/ Gshow)

A cantora vem de uma família de
músicos amadores. O pai costuma tocar cururu – ritmo da música caipira –,
enquanto a mãe toca piano. Foi com a mãe que Samara aprendeu a tocar violão e
guitarra e também a cantar, aos 15 anos. Formou sua primeira banda aos 19, para
se apresentar em bares. Já participou de um festival cuja atração principal foi
a cantora Pitty. Na música, curte rock, soul e blues. Nas ‘Audições’, cantou
“You got it”, de Roy Orbinson, e virou as cadeiras de Lulu e Teló. Escolheu
entrar para o time de Lulu Santos.

Ramon e Rafael (18 e 19 anos – São Gonçalo do Rio Baixo/MG)

Ramon e Rafael no palco do programa (Foto: Isabella Pinheiro/ Gshow)

Ao contrário da maioria das
duplas, Ramon e Rafael não são irmãos e, sim, vizinhos. Começaram a cantar
juntos ainda na infância, no coral Peixe Vivo, projeto do qual os dois faziam
parte. Em 2017, resolveram dar início a um canal na internet para divulgar o
trabalho como dupla. Atingiram mais de 30 mil inscritos e, com o sucesso,
passaram a fazer shows em bares, festas e casamentos. Os cantores surpreenderam
os jurados com uma versão de duas vozes para a música Péssimo Negócio,
de Dilsinho. Depois de virarem as cadeiras de Ivete Sangalo e Michel Teló,
Ramon e Rafael escolheram Ivete como técnica.

Litha (28 anos – Blumenau/SC)

Litha no palco do programa (Foto: Isabella Pinheiro/ Gshow)

Natural do Rio de Janeiro, Litha
mora em Blumenau há dois anos. Canta desde os quatro na igreja e em festas de
amigos. Dez anos mais tarde, decidiu fazer da música a sua profissão. Foi
quando começou a formar bandas e a se apresentar em bares, festas e casas de
show. Gravou seu primeiro EP aos 23 anos, ainda com um grupo, mas foi em
Blumenau que começou na carreira solo. Prepara para este ano seu primeiro
single. Litha virou as cadeiras de IZA e Teló com a apresentação da música Sete
vidas
, de Pitty, e garantiu sua vaga no time do sertanejo.

Carol Naemi (20 anos – Maringá/PR)

Carol Naemi no palco do programa (Foto: Isabella Pinheiro/ Gshow)

Apesar de morar no Paraná, Carol
nasceu no Japão. Só veio para o Brasil aos nove anos de idade. Decidiu fazer
aulas de canto aos 13 anos e começou a colocar o aprendizado em prática
cantando em karaokês de música japonesa, em uma associação nipônica. Aos 19
anos, participou do campeonato mundial de karaokê, na Finlândia, e ficou entre
os dez primeiros colocados. Até hoje, roda o Brasil cantando em karaokês
japoneses. Também se apresenta em formaturas e casamentos. Para sua audição,
Carol optou pela música It’s a Man’s Man’s Man’s World, sucesso de James
Brown, e impressionou as técnicas Ivete Santago e IZA, que viraram suas
cadeiras. Ela segue na disputa no Time Ivete.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais