Segundo Sol: Conheça Cacau, personagem de Fabíula Nascimento

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cacau é o apelido de Maria Claudia Batista, personagem de Fabíula Nascimento em Segundo Sol, próxima novela das 21h da Globo, que estreia na próxima segunda-feira, dia 14 de maio. Na faixa dos 30 anos na primeira fase da trama, é uma mulher orgulhosa, bonita, romântica, com talentos para os negócios, mas péssima em relação à própria vida amorosa. Irmã de Luzia (Giovanna Antonelli), ela sempre colocou seu trabalho na frente de tudo com o objetivo de crescer na vida por seus méritos. Saiu da ilha de Boiporã quando o pai morreu, e foi tentar a sorte em Salvador. Alugou um barraco miserável na favela de Alagados e ganhava dinheiro vendendo marmitas por ali. Foi na favela que ela conheceu Edgar (Caco Ciocler), que gostou de sua comida e a convidou para cozinhar na casa onde ele vivia com o pai, Severo Dominguez (Odilon Wagner), empresário de construção civil, a mãe, Estela Dominguez e a mulher, Karen (Maria Luísa Mendonça).

Cacau acaba se apaixonando pelo patrão, um homem sensível e culto como ela jamais conheceu. Se envolve também com o motorista da casa, o negro Roberval (Fabrício Boliveira), filho da cozinheira Zefa (Claudio Di Moura), velha funcionária da casa. Roberval se apaixona por Cacau mas não é correspondido, já que ela é platonicamente apaixonada pelo patrão. Talvez Roberval esteja certo quando ele afirma que é o homem certo para Cacau, mas isso ela só vai descobrir muitos anos depois. Cacau termina o namoro com Roberval e inicia um caso com o patrão, o homem dos seus sonhos. Nessa mesma época, os filhos de Luzia, Berenice (Luisa Arraes) e Ícaro (Chay Suede), caem de par-aquedas no colo  de Cacau. Michelle, a patroa,  fica encantada com a menina e, sabendo que Cacau não tem condições de ficar com duas crianças, propõe adotar Berenice.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Deus Salve o Rei: Catarina se irrita e chama Amália de “desgraçada” e “feirante dos infernos”

Culpada por ter um caso com o marido da patroa que aceitou criar a sobrinha dela, Cacau continua trabalhando na casa até que Roberval, enciumado, denuncia o caso de Cacau com Edgar para Michelle e o resto da família. Michelle demite e expulsa Cacau daquela casa e Edgar exige que Roberval seja demitido também. Cacau fica decepcionada que Edgar não a defenda nem tente se reaproximar dela.  Com alguma ajuda financeira da irmã que vive escondida na Islândia, Cacau cria sozinha Ícaro e realiza seu sonho ao abrir um restaurante que faz sucesso em Salvador, o “Toca da Cacau”. Ela tem mais talento como pequena empresária do que como mãe. Tentou ser mãe para o sobrinho que adotou, mas não obteve muito sucesso. Depois de brigas intermináveis na adolescência com Cacau, Ícaro fugiu de casa e passou a morar na rua, levando uma vida na noitada, até que passou a se prostituir. Com o retorno de Luzia sob a face de Jane Rose, Cacau vai ter a chance de dividir com a irmã a responsabilidade sobre Ícaro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio