Confira os temas mais polêmicos já apresentados pela autora Gloria Perez ao longo de sua carreira

Publicado há 4 anos
Por Leandro Lel Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na próxima segunda 03 de abril, às 21h, a Globo leva ao ar mais uma trama recheada de temas polêmicos. A Força do Querer terá como tema central a transexualidade, além do vício em jogos de azar e amores compulsivos.

Só pelas chamadas já dá pra perceber que a novela pode esquentar o tão morno horário das 21h, da Globo, que há um bom tempo não consegue emplacar um grande sucesso que agrade público e critica.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No canal da emissora no Youtube já é possível ver o que a trama nos reserva:

E que tal relembrar as polêmicas discussões já levantadas pela autora Gloria Perez em seus folhetins? Tá preparado? Já vamos adiantado que Gloria é uma mulher de vanguarda!

Partido Alto, 1984, Glória Perez e Aguinaldo Silva

A infelicidade no casamento é o tema central da primeira parceira – e única – entre os autores. Elizabeth Savala é Isadora, a mocinha que não aguenta mais viver em uma união conflituosa e decide se separar de Sergio, Herson Capri. Imagina uma trama que se passa em plena ditadura e ainda por cima a mulher resolve abrir mão de um casamento?

Barriga de Aluguel, 1990 

O “conceito” de novas famílias ainda é tema de muitos debates na TV, nos tribunais, nas rodas de conversa…E aí vem uma novela das 18h – sim das 18h nos anos 90 –  que fala sobre barriga de aluguel?! Um casal tido como perfeito que não pode ter filhos resolve “alugar” o ventre de outra mulher. Duas mães e um pai? Será que a mãe que gerou este filho vai mesmo entregar o bebê? No centro de tudo isso Claudia Abreu, Cássia Kiss e Vitor Fasano.

De corpo e Alma, 1992 

Você é doador de órgãos? Pois este foi o tema central levado ao ar às 20h30 tendo Cristiana Oliveira, Tarcísio Meira, Betty Faria e Bruna Lombardi como destaques. A relação extraconjugal entre Diogo e Bettina chega ao fim de uma forma trágica, ela sofre um grave acidente e seus órgãos são doados para Paloma, Cristiana Oliveira, que sofre de algumas doenças. Infeliz na união que mantém com Antônia, Betty Faria, Diogo resolve se aproximar de Paloma como uma forma de compensar o amor mal resolvido entre ele e sua amante, Bettina, Bruna Lombardi.

Com este enredo – doação de órgãos – o Incor (Instituto do Coração) viu as doações dispararem.

Explode Coração, 1995

Já usou algum aplicativo de namoro? Saiba quem em 1995 Gloria fez com que a cigana Dara, Tereza Seiblitz, se aproximasse do empresário Júlio Falcão, Edson Celulari, por meio de uma sala de bate-papo virtual. Ela no Brasil e ele no Japão!

Outros destaques da novela foram a cultura cigana que até hoje sofre por conta do preconceito, exploração do trabalho infantil e o desaparecimento de crianças e adolescentes.

Pecado Capital, 1998, remake

Impunidade e homofobia foram um dos assuntos abordados pela escritora que não conta com colaboradores em suas tramas. A luta contra o câncer, as vítimas do desabamento do condomínio Palace II também ganharam voz na novela protagonizada por Du Moscovis, Carolina Ferraz e Francisco Cuoco na faixa das 18h.

O Clone, 2001

Clonagem humana, cultura árabe e o uso de drogas foram os temas principais de uma das novelas mais bem sucedidas da TV. Qual é o limite entre criador e criatura? Até que ponto o homem pode chegar em busca da cura, do poder? No meio de tudo isso um cientista, Dr. Albieri, Juca de Oliveira, em busca do clone perfeito, Lucas e Diogo, Murilo Benício.

A novela estreou em 01/10/2001 quase um mês depois dos atentados de 11/09 que modificaram para sempre a história dos EUA. Glória conseguiu conquistar público e crítica apesar do temor que a trama pudesse passar por conta do ataques terroristas tendo a cultura árabe como tema central.

O consumo de álcool e drogas ganhou contornos dramáticos por conta de Mel, Nando e Lobato, Debora Falabella, Thiago Fragoso e Osmar Prado, respectivamente.

Essa é uma das cenas mais marcantes da trama:

América, 2005

Bruna Marquezine e Marcos Frota deram vida a dois deficientes visuais, Deborah Secco e sua mocinha Sol atravessaram os mais perigosos caminhos para chegar ao EUA, mas de forma ilegal. Vale ressaltar que a entrada de imigrantes no pais ficou ainda mais complicada por conta dos ataques terroristas de 2001.

Outro tema foi a relação entre os personagens de Bruno Gagliasso e Eron Cordeiro, que chegaram a gravar uma cena de beijo mas que, infelizmente, não foi ao ar. E ainda a cleptomania através da personagem Haydée, Cristiane Torloni.

Caminho das Índias, 2009, ganhadora do Emmy

Mais uma vez a religião ganhou destaque nas histórias de Glória com os hinduísmo. A esquizofrenia, brilhante atuação de Bruno Gagliasso, e o bullyng na escola, foram abordados.

Salve Jorge, 2012 

Pense em um tema pesado e perigoso! Tráfico de pessoas, em especial o de mulheres e crianças, foi o grande destaque da novela que contou com uma protagonista traficada por uma quadrilha internacional, e que, nas entrelinhas, era obrigada a se prostituir.

Por conta da história, alguns casos foram denunciados à justiça.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais