Confira os reality shows musicais que fizeram sucesso no Brasil e no mundo

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O reality show Popstar teve sua estreia na Rede Globo há duas semanas com a missão de conquistar o público deixado pelo Tamanho Família. Musical, o programa reúne um time de famosos que são destaques em outras áreas como atuação, e que se arriscam soltando a voz disputando a preferência do juri e dos telespectadores. O formato original do programa, como a emissora deixou claro se assemelha a diversos shows de talentos do mesmo gênero mundo afora. Confira agora outros realities musicais que foram sucesso no Brasil e no mundo:

Leia também: Mumuzinho se destaca como Mussa na estreia do novo Os Trapalhões

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

 

Dermot O’Leary, Sharon Ousbourne, Simon Cowell, Nicole Sherzinger e Louis Walsh no The X Factor (Divulgação/ iTV)

The X Factor

Sucesso absoluto no Reino Unido, o The X Factor, criado pelo produtor musical e empresário Simon Cowell, completa 14 temporadas ininterruptas no ar em 2017. Nele, participantes desconhecidos passam por uma série de audições e triagens, e são divididos em categorias previamente estabelecidas: Meninas, Meninos, Acima de 25 e Grupos. Cada uma dessas categorias tem um famoso jurado da banca como mentor, que irá treinar seus candidatos a fim de extrair o melhor deles. Nas fases ao vivo do programa, o público telespectador ajuda a escolher quem deve ser salvo entre os dois menos votados. Existe no programa, a intenção de fazer dele um show com super produção a cada número musical. Diferente de outros realities do gênero, o The X Factor conseguiu fazer com que a maioria dos participantes se tornasse realmente famoso ou alcançasse certa relevância no mercado fonográfico internacional. A versão brasileira do programa, exibida pela Band em 2016 não agradou, e foi cancelada recentemente, assim como a versão americana exibida entre 2011 e 2013. A versão britânica do programa é exibida no Brasil pelo canal Sony.

 

Palco do The Voice americano antes de sua estreia em 2011 (Divulgação/ NBC)

The Voice

Criado em 2011, o programa americano exibido pela emissora NBC tinha uma proposta diferente: Não se deixar levar pela aparência dos candidatos, e sua desenvoltura no palco para focar apenas em sua voz. Por isso os jurados, aqui chamados de técnicos permanecem de costas para os candidatos durante a primeira fase de audições, e só se viram de frente para eles quando os escolhem para seus respectivos times. Cada técnico fica responsável por sua equipe de cantores que batalham entre si em triagens até chegar à fase de escolha do público. A versão brasileira do programa, exibida pela Rede Globo, entrará na quinta temporada este ano, e a versão americana é atualmente exibida pelo canal Sony.

 

Jurados do Pop Idol britânico (Divulgação)

Pop Idol

O Pop Idol britânico, foi o programa que originou o mundialmente conhecido Idol. O talent show era uma versão moderna dos programas de calouros que estouraram no mundo inteiro no fim dos anos 70 e trazia uma mecânica já conhecida: candidatos se apresentavam para uma bancada de jurados que em conjunto decidiam pela sua permanência no programa ou não. Os candidatos faziam exercícios vocais, cantavam em grupos, onde era feita uma triagem com o objetivo de selecionar os potenciais ídolos que passavam a se enfrentar semana a semana em apresentações solo com voto direto do público. No Brasil as duas primeiras temporadas do reality que ganhou o nome de Ídolos, foram exibidas pelo SBT, e tiveram como vencedores Leandro Lopes e Thaême Marioto. As temporadas seguintes foram exibidas pela RecordTV, onde ganharam Rafael Barreto, Saulo Roston, Israel Lucero, Enrique Lemes e Everton Silva.

Foto promocional da primeira temporada de The Glee Project (Divulgação/ Oxygen)

The Glee Project

No auge do sucesso do seriado Glee, produzido pela Fox americana, foi criado paralelamente o The Glee Projetc, reality show musical onde artistas adolescentes previamente selecionados disputariam o prêmio máximo: ganhar um personagem fixo na série. Cada episódio tinha uma tema a ser trabalhado, e a missão dos participantes era junto com a equipe de produção da série, colocar voz em uma música selecionada de acordo com este tema, e fazer um videoclipe da mesma. O programa durou duas temporadas, o que levou a série teen a aproveitar não somente os vencedores da competição, mas outros participantes que se destacaram.

 

Got Talent Brasil apresentado por Rafael Cortez (Divulgação/ RecordTV)

Got Talent

O Got Talent foi criado no Reino Unido por Simon Cowell em 2005, e tornou-se mundialmente famoso ao ter seu formato vendido para a emissora americana NBC, que criou o America’s Got Talent. O programa segue o formato básico onde 4 jurados avaliam o desempenho dos candidatos mostrando seus talentos, não somente na música mas em diversas atividades como danças, ou até números de ilusionismo. A versão brasileira exibida pela RecordTV em 2013 e apresentada por Rafael Cortez, durou apenas 1 temporada.

 

Elenco do programa Esse Artista Sou Eu (Divulgação/ SBT)

Esse Artista Sou Eu

Baseado no sucesso Your Face Sounds Familiar, o programa apresentado por Márcio Ballas no SBT, contava com participantes famosos que deveriam se caracterizar como outros artistas, e cantar como eles. Diferente de outros realities, o programa não contava com eliminações, e sim com pontuações que eram somadas a cada episódio. Em 2017 a Rede Globo, adquiriu os direitos do formato e transformou a atração no quadro Show dos Famosos, exibido no Domingão do Faustão.

 

Jurados e apresentadores do Superstar (Divulgação/ TV Globo)

Superstar

Na competição de bandas exibida pela Globo entre 2014 e 2016, os artistas se apresentavam escondidos por um telão onde só a imagem deles era exibida para o público e para os jurados. Baseando-se na apresentação deles, de acordo com as notas alcançadas em redes sociais, o telão subia, e o júri escolhia se desejava treinar aquele candidato.

 

Toni Garrido e Angélica dividiram a apresentação do reality show Fama (Divulgação/ TV Globo)

Fama

Fama foi um reality show de talentos exibido em pílulas de 10 minutos diários antes de Malhação de 2002 a 2004. Nele, os participantes previamente escolhidos ficavam confinados em uma casa intitulada Academia da Fama, onde tinham aulas de canto, expressão corporal, e adequação de voz, e ensaiavam para os shows ao vivo que ocorriam nas tardes de sábado. O programa de sábado tinha cerca de 2 horas de duração e era apresentado por Angélica e Toni Garrido. Nele, os participantes se apresentavam com as músicas ensaiadas durante a semana, e eram julgados por um júri especializado e pelos telespectadores. Dele saíram nomes como Vanessa Jackson, Roberta Sá e Thiaguinho.

 

Logo do programa Popstars no SBT em 2002 (Reprodução)

Popstars

Popstars foi um reality show exibido pelo SBT em 2002. Baseado no programa neo-zelandês de mesmo nome, tratava-se de uma competição de talento que tinha por finalidade formar uma girlband. As eliminações ocorriam semanalmente baseadas em habilidade e talento, com votos dos jurados da atração e sem interferência do público. Ao final da temporada, todas as participantes selecionadas formavam o grupo musical, que já contava com músicas escritas e preparadas para que as vencedoras apenas fossem para o estúdio colocar voz. Sucesso na emissora de Silvio Santos, o programa revelou o grupo Rouge, e anos mais tarde fez uma versão masculina onde os vencedores formaram o grupo Br’oz.

 

Banda O-Town, revelada no reality show Making The Band (Divulgação)

Making The Band

Criado por Lou Perlman, responsável por revelar ao mundo os grupos Backstreet Boys e N Sync, Making The Band foi um reality show exibido pela rede de TV americana ABC, e mostrava a seleção de jovens rapazes que possuíam boas vozes e aparência adequada para compor uma boyband. Após a seleção dos candidatos, eles passavam por diversos processos de “fabricação” de ídolos como mudanças no visual, preparação com personal stylist, aulas de canto e dança. Após a primeira temporada, que formou a boyband O-Town, o programa passou a ser exibido na MTV americana. No Brasil, foi exibido pelo canal infanto-juvenil Nickelodeon.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio