Confira cinco coadjuvantes que cresceram surpreendentemente em O Outro Lado do Paraíso

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A novela O Outro Lado do Paraíso é sucesso absoluto de audiência. A trama, que parecia que perderia força nas suas primeiras semanas, deu uma guinada e fez com que seus protagonistas caíssem no gosto popular. Hoje, na reta final, tudo indica que a obra de Walcyr Carrasco e Mauro Mendonça Filho é a mais popular desde o fenômeno Avenida Brasil.

Porém, em O Outro Lado do Paraíso, não somente os papéis principais fizeram a diferença. Outros personagens também se transmutaram de simples coadjuvantes a queridíssimos ou odiados pelo público. Esses são, muito provavelmente, parte de um elenco secundário que não tinha história, mas a empatia com o público foi tão grande que o jogo virou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Cinco momentos espetaculares de O Outro Lado do Paraíso que quebraram a internet

Nesta segunda (6), o Observatório da Televisão apresenta, na seção Lista, os cinco personagens que cresceram e mostraram mais do que se esperava deles ao longo de centenas de capítulos de O Outro Lado do Paraíso.

Nicolau (Alejandro Claveaux) de O Outro Lado do Paraíso (Divulgação/TV Globo)

Nicolau (Alejandro Claveaux)

O personagem surgiu tímido, quieto. Ninguém sabia muito o que esperar dele, porém, com passar dos capítulos, foi ganhando mais falas, mais funções e circulando em núcleos  importantes, como o de Elizabeth (Glória Pires). O sucesso do policial foi tanto que ele teve a oportunidade de se apaixonar por Adriana (Julia Dalavia) e, então, ter uma história com começo, meio e fim. Vale lembrar que ele chegou a oferecer seu próprio rim para a amada, que necessitava de um transplante.

Fabiana ( Fernanda Rodrigues ) em O Outro Lado do Paraíso(Divulgação/ TV Globo)

Fabiana (Fernanda Rodrigues)

O que seria uma participação especial se tornou um retorno muito intrigante. Fabiana  surgiu como mais uma vilã no meio do caminho da protagonista Clara (Bianca Bin), no Rio de Janeiro. Quando a mocinha encontrou o tesouro que a fez ficar milionária, se esperava que Fabiana saísse de cena, e até saiu por um tempo. Mas voltou meses depois, disposta a recuperar o que foi de sua avó. Para melhorar, ela se juntou ao vilão Renato (Rafael Cardoso) para enfrentar a rival, e ficou até o fim da novela e com movimentações importantes.

Xodó (Anderson Tomazini) de O Outro Lado do Paraíso (Divulgação/TV Globo)

Xodó (Anderson Tomazini)

Esse apareceu como mais um garimpeiro da mina de esmeraldas, comandada por Sophia (Marieta Severo). Com poucas falas e muita simpatia foi conseguindo, aos poucos, seu espaço. Até se engraçou e casou com Cleo (Giovana Cordeiro), que é neta de Mercedes (Fernanda Montenegro), ligada ao núcleo central. Porém, a história do rapaz ficou relevante mesmo quando ele se tornou testemunha de um dos assassinatos da vilã Sophia. Xodó foi fundamental para colocar a malvada sob suspeita de todos.

Zé Victor (Rafael Losso) em O Outro Lado do Paraíso (Divulgação/ TV Globo)

Zé Victor (Rafael Losso)

Outro garimpeiro sem muito futuro, acabou surgindo como um grande aliado da Sophia. Ambicioso, Zé Victor viu como conseguir bastante dinheiro se aliando ao mal. Para isso, foi cúmplice e ajudou a vilã a se manter impune por um tempo. Inclusive, o rapaz se transformou de tal forma que ele tentou inclusive assassinar outros personagens a mando da antagonista. Também se apaixonou por Tônia (Patrícia Elizardo), a médica que seria a mulher ideal para Bruno (Caio Paduan), segundo Nádia (Eliane Giardini), porém, o romance não foi dos mais estáveis.

Desirée (Priscila Assum) em O Outro Lado do Paraíso (Divulgação/ TV Globo)

Desirée  (Priscila Assum)

Quenga, Desirée poderia ser apenas mais uma na fila do pão, em O Outro Lado do Paraíso. Mas a moça se apaixonou por Juvenal (Anderson Di Rizzi) e cismou de falar que era moça pura, virgem. Ele não sabia que ela morava e trabalhava no bordel da cidade. A conversa para cima do lapidador virou uma novela à parte, alçando a personagem a um dos papéis mais peculiares, entre os coadjuvantes. Para melhorar, ela inventou de ter um tal segredo, até se suspeitou que ela seria travesti. E aí o bafafá em cima da personagem foi gigante fazendo crescer a curiosidade do público, e a relevância da moça na trama.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio