Confira 10 novelas que poderiam ser reprisadas pelo Vale a Pena Ver de Novo

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Globo tem tido cada vez mais dificuldade na escalação de suas novelas da faixa Vale a Pena Ver de Novo. Como por contrato o canal Viva se limita a reprisar as tramas anteriores ao ano 2000, cabe à platinada revirar seu arquivo e encontrar entre as novelas dos últimos 17 anos, as mais adequadas para o horário, difícil missão, que tem levado a emissora a exibir novamente novelas que o público está cansado de ver como Alma Gêmea e Chocolate Com Pimenta. Fizemos uma lista com novelas que com alguns cortes (para adequação aos horários e exigências do Ministério Público) seriam uma boa opção para rever na telinha:

Leia também: Veja os 10 participantes mais odiados dos reality shows

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Claudio Heinrich era Tatuapu em Uga Uga (Divulgação/ TV Globo)

Uga Uga

Exibida originalmente no ano 2000, a novela foi um verdadeiro sucesso chegando a marcar mais de 40 pontos de audiência. Com enredo bem humorado, escrita por Carlos Lombardi, a trama com ares de quadrinhos contava a história do índio Tatuapu (Claudio Heinrich), neto biológico de Nikos (Lima Duarte), poderoso dono de uma fábrica de brinquedos, que fora criado por indígenas após terem matado seus pais.

Cristal (Divulgação/ TV Globo)

Estrela-Guia

Estrela-Guia foi a novela das 18h, estrelada pela cantora Sandy. Com apenas três meses no ar, contava a história de Cristal, uma jovem de 18 anos que viu a comunidade neo-hippie onde morava ser destruída num incêndio que matou seus pais. Ela é levada então pelo seu padrinho Tony (Guilherme Fontes) a morar na cidade grande, e tem um choque de costumes, se apaixonando posteriormente por ele. Em outra extremidade da trama está Dafne (Lilia Cabral), a fazendeira que deseja ter a qualquer custo as terras da comunidade hippie da qual Cristal é dona.

Zeca (Kayky Brito) e Lívia (Flávia Alessandra) em O Beijo do Vampiro (Divulgação/ TV Globo)

O Beijo do Vampiro

Sucesso infanto-juvenil de 2002, O Beijo do Vampiro contava a história de Bóris (Tarcísio Meira), um poderoso vampiro milenar que apaixonado por Cecília, passa a perseguir cada uma das encarnações dela, a última delas, Lívia (Flavia Alessandra). No meio disso tudo está Zeca (Kayky Brito), filho que Lívia criou sem saber que o pai biológico na verdade era Bóris. Após fazer 13 anos, Zeca tem a companhia constante do vampiro que deseja que ele tome seu lugar.

Bruno (José de Abreu) e Selma (Alessandra Negrini) em Desejos de Mulher (Divulgação/ TV Globo)

Desejos de Mulher

Exibida em 2002, Desejos de Mulher era numa novela diferente das costumeiras novelas das 19h pautadas pelo humor. O drama de Euclydes Marinho, contava a história de Andréa Vargas (Regina Duarte), famosa estilista que construiu uma marca de prestígio no mundo da moda. Seu marido Bruno (José de Abreu) e sua assistente Selma (Alessandra Negrini), bolam um plano para tirar tudo dela, inclusive seu ateliê. A vingança de Selma tinha um motivo: Ela era irmã biológica de Andréa, mas não teve todas as possibilidades de crescimento profissional que a irmã, criada por uma família melhor estruturada.

Herson Capri e Maria Fernanda Cândido em Como Uma Onda (Divulgação/ TV Globo)

Como Uma Onda

Como Uma Onda foi ao ar em 2004, e tinha uma trama solar que chegou a ser comparada com Tropicaliente. Mas diferente da novela de 1993, ambientada no Ceará, Como Uma Onda se passava em Florianópolis e mostrava a dificuldade do amor entre Daniel (Ricardo Pereira), o mordomo que saiu escondido de Portugal, e Nina (Alinne Moraes), noiva do vilão JJ (Henri Castelli), um dos maiores empresários da cidade, que tinha como planos destruir a aldeia de pescadores do local para construir um resort.

Julia (Gloria Pires) e Bia (Fernanda Montenegro) em Belíssima (Divulgação/ TV Globo)

Belíssima

Belíssima, exibida originalmente em 2005 contava com Gloria Pires, Tony Ramos, Marcello Antony e Fernanda Montenegro como protagonistas, e falava sobre a importância da imagem numa sociedade que preza pela aparência. Na história, Bia Falcão, avó de Júlia, domina a neta em todas as suas decisões à frente da fábrica de lingeries Belíssima e se opõe severamente a cada homem que aparece em sua vida. Bia também é uma pedra no sapato da nora Vitória (Claudia Abreu) e tenta tirar sua filha Sabina (Marina Ruy Barbosa) a todo custo.

Marcos Pasquim, Juliana Paes, Murilo Benício, Deborah Secco e Fernanda Lima em Pé na Jaca (divulgação)

Pé na Jaca

Tentando consertar erros do passado, os amigos de infância Arthur (Murilo Benício), Maria (Fernanda Lima), Elizabeth (Deborah Secco), Guinevere (Juliana Paes), e Lancelotti (Marcos Pasquim) se reencontram por acaso na cidade paulista de Deus Me Livre. Na intenção de reconstruir suas vidas, eles passam a conhecer um ao outro como não fizeram 25 anos antes.

Murilo Rosa em Desejo Proibido (Divulgação/ TV Globo)

Desejo Proibido

A novela de Walther Negrão era ambientada na década de 1930, na cidade fictícia de Passaperto, Minas Gerais. O foco da história gira em torno de Laura (Fernanda Vasconcellos), moça que se apaixona à primeira vista por Miguel (Murilo Rosa), sem saber que ele e um padre que chegou à cidade para ajudar seu tio, o também padre Inácio (Marcos Caruso). A vocação religiosa passa a ser impedimento para que o amor entre os dois tome forma.

Isis Valverde em Beleza Pura (2008) (Divulgação/TV Globo)

Beleza Pura

Beleza Pura, exibida originalmente em 2008 contava a história de Guilherme (Edson Celulari), um engenheiro aeronáutico que tem sua vida virada de cabeça pra baixo ao ver um avião criado por ele explodir matando 5 pessoas. Sem saber que a aeronave fora sabotada por Norma (Carolina Ferraz), ele tenta se redimir de sua culpa assumindo os projetos futuros de cada uma das vítimas do acidente. Guilherme então conhece Joana (Regiane Alves), uma dermatologista que é filha de uma das vítimas, e se apaixona por ela.

Murilo Benício, Malu Mader, Alexandre Borges e Claudia Raia em Ti Ti Ti (divulgação)

Ti-Ti-Ti

Jacques Leclair (Alexandre Borges) e Victor Valentim (Murilo Benício) viviam brigando e disputando quem seria o melhor e mais lembrado estilista. Inimigos desde a infância, eles disputaram desde brinquedo até mulheres. Na vida adulta, eles disputam a atenção no mundo da moda.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio