“Condenado não é um demônio”, avalia Rodrigo Lombardi, protagonista de Carcereiros

Publicado há 3 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Disponível na Globo Play desde o ano passado, Carcereiros, série baseada no livro homônimo de Drauzio Varella, irá estrear no próximo dia 26 na TV Globo, e Rodrigo Lombardi, que vive o protagonista Adriano, falou sobre o início do trabalho.

Rodrigo Lombardi impressiona ao surgir em foto inusitada

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Quando cheguei, a primeira coisa que fiz foi conhecer os diretores, conhecer a produtora. Aí sentei em uma cadeira e assisti ao documentário. Talvez tenha sido bom e a gente espera que o telespectador também sinta essa sensação. Tomei uma porrada e essa porrada foi o único material que tive para gravar a série. Essa experiência foi muito rica para mim”, disse o artista em entrevista ao G1.

O famoso avaliou que o carcereiro vai “nascendo” durante a produção. “Essa transformação, esse aprendizado, faz com que o telespectador perceba a transformação do humano nesse habitat. As pessoas se transformam. E o que essas pessoas presenciam no sistema prisional ninguém é capaz de suportar”, avaliou o astro.

Monica Iozzi vai participar da segunda temporada de Carcereiros na Globo

O ator declarou que aprendeu ao entrar no universo. “Não é uma questão de aceitar, não é uma questão de entender, é uma questão de humanizar. Você humaniza essas pessoas. O condenado não é um demônio. Muitas vezes, ele está ali sem precisar estar ali. Existem consequências diferentes para o mesmo crime, porque você tem mais dinheiro ou menos dinheiro. Você aprende a ser humano, a raciocinar, a entender. Eu aprendi a ser mais cidadão com essa série”, concluiu Lombardi.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio