Com presença confirmada apenas de Fernando Haddad, Record cancela debate presidencial

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Record cancelou o debate presidencial que realizaria na noite deste domingo (21). O motivo é a ausência do candidato do PSL, Jair Bolsonaro. Ele estava usando o argumento de que não havia liberação médica para ir aos debates na televisão. Mas, agora, já foi liberado clinicamente e não aceitou encontrar seu adversário na emissora da Barra Funda.

O candidato do PT à presidência da República, que tem chamado Bolsonaro para debater na televisão, participaria do encontro. De acordo com informações de bastidores, a Record tentou convencer o ex-deputado, mas não houve jeito. O canal de Edir Macedo continuará tentando confirmar uma nova data para o evento, nesta semana, dizem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Polêmica capa de revista pode ter causado constrangimento nos bastidores da Record

Vale ressaltar que não houve debate presidencial após o segundo turno das eleições. As emissoras de televisão, como SBT e Redetv, optaram por realizar entrevistas individuais com os candidatos. Neste caso, Bolsonaro optou por participar. A Globo tem seu debate marcado para 26 de outubro e, ainda, não o cancelou oficialmente.

Ainda sobre a Record

No ar como o Rei Herodes de Jesus, e também como o Manoel Lemos na reprise de Essas Mulheres (2005), Paulo Gorgulho resolveu não renovar o contrato que tinha com a Record, emissora na qual esteve nos últimos 15 anos.

Segundo a colunista Patrícia Kogut, a direção da emissora do bispo Edir Macedo fez uma proposta, mas ambas as partes não chegaram num acordo. Desde que entrou no canal, o ator já atuou em mais de 10 produções.

Entre os trabalhos que realizou no veículo de comunicação, estão: Bicho do Mato (2006), História de Ester (2010), Plano Alto (2014), Os Dez Mandamentos (2015), O Rico e Lázaro (2017), Belaventura (2017) e Apocalipse (2018).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio