Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
ARTISTA

Com papel em Cara e Coragem, Bruno Fagundes sobre cobrança por ter pai ator: “Isso oprime, me reduz”

Ele será coreógrafo na novela de Claudia Souto

Publicado em 05/11/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Bruno Fagundes estará na próxima novela das sete, Cara e Coragem, que estreia logo após Quanto Mais Vida, Melhor!, em 2022. O ator, que esteve em Meu Pedacinho de Chão (2014), agora se prepara para viver um coreógrafo de dança aérea na trama escrita por Cláudia Souto.

Para estar em dia com a função de seu personagem, o ator entrou de cabeça no universo circense. “Eu tenho um apreço grande pelo circo, já treino há mais ou menos seis anos. Faço aéreos, trapézio e tecido, mas o meu tesão mesmo é o trapézio de voo e o fixo. A dança vertical, que o meu personagem pratica, eu não conhecia. Estou correndo atrás. E já fiz várias aulas”, conta Bruno ao Extra.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Aos 32 anos de idade, Bruno é muito reconhecido por ser filho do ator Antônio Fagundes e da diretora Mara Carvalho. Segundo ele, sua busca por um ‘lugar ao sol’ tem de ser feita de forma solitária, apesar de ter gratidão aos pais.

“Eu não quero a fama a qualquer custo. Ou já teria dado esse passo há muito tempo. Quero fazer uma construção a longo prazo, criando minha individualidade”, coloca o ator. Ele é super próximo do pai, com quem já atuou no teatro, como na peça Vermelho.

“Não é nada pessoal, não tem a ver com a minha relação com meu pai. Sou completamente apaixonado e grato a ele, que me ensinou muito e me ensina muito sempre. Luto para que as pessoas me reconheçam como um indivíduo, porque ainda tem essa redução, porque toda vez que acerto tem um ‘ah, mas olha o pai que ele tem’. E toda vez que erro tem ‘ah, mas não é tão bom quanto o pai’. Isso oprime, me reduz”, pontua Bruno Fagundes.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....