Com o fim do Domingão do Faustão, bailarinas revelam planos para o futuro

Nathália Zannin e Camila Lobo falam sobre vida profissional

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após mais de 30 anos no ar, o encerramento do Domingão do Faustão, marcado para dezembro deste ano, surpreendeu muita gente. Assim como Fausto Silva, as bailarinas também possuem um grande destaque.

Em entrevista a jornalista Mari Monts, do Splash, duas delas falaram sobre os planos para o futuro. Nathália Zannin entrou para o balé em 2015. A conquista foi a realização de um sonho para a jovem, que vem de uma família humilde.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pra mim, era algo muito distante por causa da minha realidade. Mas o ‘Domingão’ é uma máquina de oportunidades e graças a Deus a minha chegou e abracei com todas as forças!”, conta Nathália.

Aos 27 anos, ela é empreendedora desde os 19 anos e agora colocará a mão em outros projetos. “Sou sócia de um restaurante no Rio. Hoje estou criando uma nova marca, estudo marketing de influência. Sempre amei trabalhar com vendas, projetos, negociação“, conta, mantendo as portas abertas para a televisão.

Camila Lobo também conversou com o portal. Após sete anos na equipe de Faustão, ela foi desligada no final de janeiro. Ela revela um interesse surgido enquanto atuava no programa. “Eu decidi fazer faculdade de jornalismo por causa do ‘Domingão do Faustão’, a partir das oportunidades que o próprio Faustão me deu”, expressa.

Antes mesmo de seu desligamento, ela já estava atenta ao futuro. “Esse ano eu me formo em jornalismo, continuo atuando como modelo, com comunicação, mas meu foco agora é na criação de conteúdo e marketing digital“, adianta Camila.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio