Coisa feia! Fantástico boicota Regina Duarte em matéria sobre Vale Tudo e gera revolta

Novela entra para o catálogo da Globoplay a partir desta segunda (20)

Publicado há 4 meses
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Protagonista de Vale Tudo (1988-1989), a atriz Regina Duarte foi boicotada pela TV Globo em uma matéria sobre a novela, levada ao ar neste domingo (19) no Fantástico. A intérprete Raquel Accioli, ao contrário do diretor Dennis Carvalho e dos atores Antônio Fagundes, Glória Pires, não foi convidada a dar entrevista.

Na internet a revolta foi unânime, uma vez que a aliança da artista com o governo Bolsonaro não diminui sua importância e representatividade para a teledramaturgia brasileira. Regina Duarte apareceu em apenas dois flashes bem rápidos durante a matéria com pouco mais de cinco minutos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Regina Duarte viveu Raquel Accioli em Vale Tudo (Divulgação: TV Globo)

Na quinta, dia 9, a Globo já havia sido retalhada por internautas ao ser completamente ignorada numa montagem de divulgação da novela publicada nas redes sociais da emissora. Devido a repercussão negativa a emissora se viu obrigada a corrigir e integrá-la nos post seguinte.

Divulgação de Vale Tudo sem Regina revolta amantes da novela (Reprodução: Instagram)

Na política

No dia 10 de junho, em edição do Diário Oficial da União (DOU) a exoneração da atriz Regina Duarte do cargo de Secretária Especial da Cultura foi oficializada. No documento, a saída da ex-secretária foi caracterizada como “a pedido”.

Duarte deixa o cargo após uma série de críticas da classe artística por sua falta de políticas voltadas ao mercado, que vem sofrendo com a pandemia do novo coronavírus, que, ao fechar teatros, cinemas e museus, impede o sustento de profissionais com ofício sazonal.

Regina Duarte e Jair Bolsonaro (Reprodução).

A permanência da atriz no cargo se tornou insustentável após desastrosa entrevista à CNN Brasil, na qual Duarte minimizou as mortes e torturas no período da ditadura militar brasileira, e se recusou a escutar apelo da atriz Maitê Proença, deixando a entrevista ao vivo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio