Cobertura da Globo da eleição americana se estende por toda a madrugada

GloboNews emenda programação ao vivo da noite ao Em Ponto

Publicado há um mês
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta noite, os americanos encerram a votação que escolherá o comandante da Casa Branca pelos próximos quatro anos. O jornalismo da Globo faz uma intensa cobertura da disputa entre Donald Trump e Joe Biden em todas as suas plataformas.

Com mais de uma dezena de jornalistas e comentaristas participando ao vivo do Brasil e de diversos locais dos Estados Unidos, a cobertura da apuração dos votos começa às 21h.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Jornal das Dez, da GloboNews, começa excepcionalmente uma hora mais cedo, com Heraldo Pereira ao lado dos comentaristas Marcelo Lins e Demétrio Magnoli no estúdio.

Os repórteres Sandra Coutinho e Jorge Pontual participam de Nova York, e Luis Fernando Silva Pinto, de Washington. Na redação da Globo nos EUA, o comentarista Guga Chacra e o repórter Tiago Eltz analisam os resultados parciais e os gráficos da apuração de votos em tempo real.

Guga Chacra, da GloboNews (Reprodução)

Os repórteres Raquel Krähenbühl e Felippe Coaglio acompanham todos os passos de Donald Trump, enquanto Felipe Santana e Candice Carvalho trazem as informações sobre Joe Biden. Em Washington, a correspondente Carolina Cimenti faz entradas ao vivo da frente da Casa Branca.

A cobertura ao vivo se estende durante toda a madrugada, até o início do jornal matinal Em Ponto, desta quarta-feira (4), apresentado pela jornalista Júlia Duailibi.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio