CNN Brasil investiga denúncia de racismo contra Basilia Rodrigues: “Relato é grave”

Em seu Twitter, a jornalista manifestou sua opinião

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na noite desta quinta-feira (15) a jornalista Basilia Rodrigues falou sobre a denúncia de racismo que está sendo investigada pela CNN Brasil. A comentarista teria sido alvo de comentários racistas em razão de seu cabelo e sua imagem teria sido cortada em participações ao vivo.

Agradeço às mensagens de solidariedade e apoio que recebi aqui de tantos amigos pessoais, colegas de trabalho e também de pessoas que não me conhecem. Agradeço também pela posição adotada pela CNN Brasil“, escreveu ela em seu Twitter.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Basília escreveu ainda em seu Twitter que “o relato é grave e está sendo apurado. Deixa reflexões para todos sobre o que não queremos ser, parecer, nem deixar dúvidas, sobre o que não queremos para nós, nem para os outros“, diz a jornalista.

Segundo a denúncia publicada pelo portal Alma Preta, uma trabalhadora da emissora disse para a outra que “se ela fosse loira e de olho azul, você não estava enchendo o saco dela“, referindo-se ao penteado de Basília. O site denuncia ainda que os editores de imagem ocultaram a comentarista em recentes participações ao vivo, deixando apenas a voz dela.

De acordo com o colunista do UOL, Mauricio Stycer, a CNN informou, em nota, que reconhece que a acusação é gravíssima e o caso está sendo investigado pelo departamento de compliance. Além disso, afirmou que não tolera qualquer tipo de discriminação.

 E Basilia concluiu: “Por fim, dizer a vocês que o racismo e o negro convivem dia a dia. É uma relação insuportável, uma companhia inconveniente que está à bordo, em uma mesma viagem. Às vezes, me pergunto, haverá ponto final? Logo, penso que esse não é o mal do negro, esse é o mal do racismo”, escreveu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio