CNN Brasil exibe série sobre corrupção no RJ e ex-governador admite ter recebido “valores indevidos”

Programa tem declarações polêmicas e exclusivas de Pezão, Rosinha e Garotinho

Publicado há um mês
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No próximo domingo (23), às 19h, o programa CNN Séries Originais, da CNN Brasil, comandado por Evaristo Costa, inicia a exibição da nova série: Rio: sete pecados do poder. A narrativa será por meio dos sete pecados capitais para tentar entender por qual motivo o segundo Estado mais rico do Brasil ocupa sempre as manchetes sobre corrupção no País.

O primeiro episódio, Soberba e Avareza, aborda os casos recentes de corrupção onde cinco dos últimos oito governadores eleitos foram presos. O atual, Wilson Witzel (PSC), está com pedido de impeachment na Assembleia Legislativa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na estreia, o CNN Séries Originais exibe as entrevistas exclusivas com três governadores que foram presos e hoje estão soltos: Anthony Garotinho, Rosinha Garotinho e Luiz Fernando Pezão, que concedeu sua primeira entrevista para uma equipe de TV, desde sua soltura do Batalhão Especial Prisional (BEP), em Niterói, em dezembro de 2019.

CNN Brasil (Reprodução)

E mais!

Ele foi acusado de integrar esquema de corrupção chefiado pelo também ex-governador Sérgio Cabral, de quem foi vice. Com exclusividade, Pezão destacou um dos motivos de sua indignação com Sérgio Cabral.

“Um dia na cadeia já é muito, eu fiquei um ano e doze dias. É muita coisa. Eu nunca fui chamado [para depor]. Me chamaram para depor, para colocar as minhas razões. Eu só fiquei ouvindo delatores falando de mim, quatro delatores de um mesmo grupo. Por que que o Sergio [Cabral] não falou antes dos 14 depoimentos. Antes dele ser condenado, ele não falou de mim? Foi falar depois de 280 anos de condenação”, desabafou.

A equipe da CNN teve acesso a 12 horas de depoimentos que Sérgio Cabral deu à Justiça ao longo dos anos que esteve preso. Em um dos trechos o ex-governador, detido desde 2016, confirmou sua participação no recebimento de propinas. 

Evaristo Costa em Londres, gravando para a CNN Brasil (Reprodução)

“Confirmo. Confirmo o recebimento de valores indevidos, tanto para campanhas eleitorais, tanto para benefício pessoal. Todo ano de catorze (2014) eu recebi um milhão e meio de reais, por mês. Esse meu erro – erro de postura, de apego a poder, a dinheiro, a tudo isso, isso é um vício”.

A equipe de reportagem da CNN foi até Campos de Goytacazes onde hoje vivem os ex-governadores Antonhy e Rosinha Garotinho para a realização das entrevistas exclusivas.

Perguntado sobre o motivo de tantos casos de corrupção no Rio de Janeiro, Anthony Garotinho revelou que boa parte das instituições do Estado apodreceram e revelou os detalhes do dia em que foi preso. Rosinha, que hoje vende bolos para sobreviver, falou das dificuldades enfrentadas após a prisão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais