CNN Brasil contrata Alexandre Garcia e Sidney Rezende para novo quadro

Emissora entende que fomenta a pluralidade com a chegada dos dois

Publicado há 4 meses
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em busca de mais engajamento e aumentar a clareza entre direita e esquerda, a CNN Brasil contratou dois jornalistas com visões políticas antagônicas. Se trata de Alexandre Garcia, que, supostamente, defende o governo de Jair Bolsonaro, e Sidney Rezende, que é crítico à gestão do mandatário.

A emissora da Avenida Paulista estreia um novo quadro com ambos, o CNN Liberdade de Expressão e diz reafirmar a crença na pluralidade de opiniões. O segmento vai ao ar ao vivo, a partir das 7h, de segunda-feira a sexta-feira, no Novo Dia, apresentado por Rafael Colombo e Elisa Veek.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atração, diferentemente do polêmico O Grande Debate, não vai promover o confronto de ideias entre os dois jornalistas. A ideia é que eles exerçam, separadamente, a função de comentaristas dos principais fatos políticos do país. Com isso, eles vão interagir com os âncoras do matinal.

Alexandre Garcia em entrevista à CNN Brasil (Reprodução)

Para quem não tiver tempo de ver o quadro de manhã, a CNN Brasil vai reprisá-lo todos os dias à tarde, no Visão CNN, que começa às 13h e é apresentado por Luciana Bareto e Evandro Cini. Além disso, o canal promete deixar a atração, que deve chamar a atenção do telespectador, no Youtube.

A presença de ambos deve ser chamativa porque, apesar de estarem fora da televisão há alguns anos, eles possuem uma quantidade considerável de seguidores e passaram a influenciá-los nas redes sociais, com seus posicionamentos políticos.

Alexandre Garcia, por exemplo, se tornou um fenômeno na internet ao fazer análises, no mínimo, conservadoras. Durante mais de 30 anos, ele trabalhou na Globo, onde, mesmo baseado em Brasília, apresentou o prestigiado Jornal Nacional na folga dos titulares.

Sidney Rezende, novo contratado da CNN Brasil (Reprodução)

Já Rezende, que na visão da CNN Brasil, possui um perfil antagônico ao de Garcia, também era da rival. Ele foi um dos fundadores da rádio CBN e esteve no Grupo Globo por mais de 20 anos, inclusive apresentando jornais na rival GloboNews.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais