CNN Brasil começa contratações de bastidores e fecha com editor-chefe da Record TV

Publicado há um ano
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após contratar nomes de peso para apresentar seus telejornais, a CNN Brasil está começando a montar sua equipe de bastidores. A primeira contratação acaba de ser sacramentada e, curiosamente, é de um profissional que trabalhava até bem pouco tempo na Record TV.

Segundo apurou o Observatório da Televisão, trata-se do jornalista Emerson Nunes, que trabalhava na Record TV Itapoan, filiada da emissora paulista em Salvador. Nunes vai atuar como editor-chefe de uma atração ainda a ser definida pela direção do canal pago de notícias.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Emerson Nunes foi um dos profissionais que ajudaram a Record TV a ter um desempenho excelente em Salvador. Editor-chefe de atrações como o Balanço Geral Bahia e Bahia no Ar, ambos programas que chegam a vencer a Globo na cidade soteropolitana com muita frequência. Também trabalhou na própria TV Bahia/Globo e em veículos locais da Bahia.

A chegada de Emerson Nunes marca o início das chamadas “contratações de bastidores” da CNN Brasil. Ou seja, daqui para frente, serão aceleradas as contratações de jornalistas para serem editores, produtores, repórteres, entre outros cargos.

Procurado pela reportagem do Observatório da Televisão, Emerson Nunes não respondeu aos contatos. Caso o faça, a matéria será atualizada. A assessoria da CNN Brasil também não respondeu até o fechamento.

CNN Brasil já contratou vários apresentadores ex-Globo e Record TV

Entre os nomes que já foram contratados pela CNN Brasil para atuar como apresentadores de seus noticiários, estão os jornalistas William Waack, Evaristo Costa, Monalisa Perrone, Reinaldo Gottino, Luciana Barreto, Phelipe Siani, Mari Palma e Cristiane Dias.

Ainda não se sabe exatamente quando a emissora vai entrar no ar. No mercado, já se diz que a emissora de notícias só entrará em funcionamento no próximo ano. No entanto, internamente, ainda existe o desejo de se colocar a emissora antes do fim de 2019.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio