CNN Brasil ‘bate’ em Bolsonaro em seu principal jornal: “É fato que o presidente ignora fatos”

Emissora da Avenida Paulista contraria os que dizem que é pró-Planalto

Publicado há um mês
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Outrora definida por usuários de redes sociais de ser governista, a CNN Brasil os surpreendeu ao criticar o presidente da República Jair Bolsonaro em seu principal telejornal. A emissora da Avenida Paulista usou seu jornalista mais importante, William Waack, para mostrar um posicionamento.

Logo no início do Jornal da CNN, no horário nobre, o âncora leu o editorial. “Boa noite para vocês. Eu queria lembrar que está espalhado pelas redações da CNN Brasil, o lema… está escrito bem forte em todas as paredes: fatos, fatos, somente fatos! Foi baseado num fato, uma investigação feita por órgão públicos, que um repórter do jornal O Globo perguntou ao presidente Bolsonaro sobre outro fato, trazido por essa investigação”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E seguiu: “É o de que a primeira-dama recebeu 89 mil reais em depósitos na conta dela, feitos por Fabrício Queiroz, que está em prisão domiciliar. É fato que Bolsonaro reagiu á pergunta dizendo que tinha vontade de encher a boca do repórter de porrada”.

Saguão da sede da CNN Brasil, em São Paulo (Divulgação)

Waack ainda disse no editorial: “Hoje o presidente criou mais um fato. Chamou os jornalistas de bundões, cujo risco de se dar mal com o Covid-19 seria maior do que ocorreria com ele, Bolsonaro, um ex-atleta do exército”.

No final, Waack enfatizou a questão que o país faz. “É fato que a pergunta na conta de mulher continua aguardando resposta. Assim como é fato que o vírus não escolhe as pessoas que infecta pelo caráter bundão ou não delas. É fato que o presidente ignora fatos”, concluiu.

Vale lembrar que a CNN Brasil tem sido critica por alguns setores da sociedade que não concordam que a emissora abra espaço para extremistas políticos, que apoiam o governo de Jair Bolsonaro. Esse caminho adotado pela emissora foi até pauta para um vídeo cômico do Porta dos Fundos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais