Clima esquenta entre afiliadas do SBT e Record por causa de campanha de audiência

Publicado há 3 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Enquanto em São Paulo a relação entre o SBT e Record é cada vez mais amigável, em Santa Catarina o clima esquentou entre afiliadas das emissoras por causa de uma polêmica campanha sobre a audiência conquistada no estado.

SBT se manifesta sobre possível interesse por Evaristo Costa

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um material publicitário feito pelo SBT SC divulgava que o canal era vice-líder na capital e em Chapecó, Joaçaba, Blumenau, Criciúma e Lages. Depois, a RICTV, afiliada do canal do bispo Edir Macedo da região, resolveu repostar a imagem, colocando um carimbo na imagem do rosto de Silvio Santos que dizia que o anúncio era uma fake news.

Nesta quarta-feira (16), o SBT SC decidiu se pronunciar por meio de rede social sobre o assunto. “A concorrência pediu. O SBT SC comprovou. E a fonte confirmou. SBT Santa Catarina é vice-líder e ponto final“, escreveram no Twitter.

Record comemora audiência em Salvador e lidera com programas locais e nacionais; veja números

Na quinta-feira (17), a emissora ainda postou uma nota de repúdio por causa do comportamento da concorrência. De acordo com o Ibope, em Florianópolis o SBT conseguiu 3.8 pontos de média entre janeiro e abril deste ano, enquanto o RICTV cravou 3.4.

Veja:

Campanha de audiência de afiliadas do SBT e Record (Reprodução)
Nota de repúdio feita pelo SBT SC (Reprodução)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio