Clarissa Pinheiro comenta reviravolta na história de Penha: “Imbuída de ódio e vingança”

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Amor de Mãe, trama das 21h de Manuela Dias, Clarissa Pinheiro vive Penha, mulher que perdeu o emprego e também o marido, Wesley (Dan Ferreira), que foi assassinado numa emboscada feita por Belizário (Tuca Andrada).

Revoltada, a empregada resolveu seduzir o policial corrupto e acabará se tornando criminosa ao lado do vilão. Em entrevista ao Gshow, a atriz disse que se surpreendeu ao ler os capítulos do enredo e ver as mudanças na personagem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“É bem interessante essa virada. O que leva uma pessoa a ficar tão determinada a se vingar de alguém ao ponto de chegar tão perto? Acho que ela está um pouco cega pela vingança. Ela está encarando a situação de se envolver com o Belizário para se vingar da morte de Wesley”, analisou a famosa.

Com relação à Lídia (Malu Galli), patroa que demitiu a serviçal injustamente, a estrela declarou que o público pede por esse acerto de contas. “A Penha tá toda imbuída de ódio e vingança. Se a Lídia aparecer pelo caminho, não sei [o que pode acontecer]…”, concluiu Pinheiro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio