Cinco vilãs terrivelmente assassinas como Sophia de O Outro Lado do Paraíso

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Outro Lado do Paraíso é sucesso de audiência em todo o país. A novela chegou ao horário nobre da Globo para mostrar aos críticos de plantão que o gênero continua cada vez mais forte no gosto popular. Porém, o que explica o sucesso incontestável e inesperado da trama de Walcyr Carrasco? Vários fatores podem ser responsáveis diretos e indiretos, mas um em especial chama a atenção: Sophia.

A personagem de Marieta Severo é uma vilã da pior espécie, mau-caráter e assassina. Diferente de outras criminosas de novelas da Globo, a mãe de Gael (Sérgio Guizé) é perigosíssima e capaz de matar cruelmente quem atravessa seu caminho.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Cinco galãs ‘bananas’ das novelas mexicanas do SBT

E o pior de tudo, ela não deixa rastros. Ou, pelo menos, dificulta o trabalho da polícia. Assim sendo, vamos relembrar algumas vilãs, ambiciosas e assassinas, que se assemelham à megera de O Outro Lado do Paraíso nesse aspecto.

Flora (Patrícia Pillar) A Favorita (Divulgação/ TV Globo)

FLORA, de A Favorita

Interpretada por Patrícia Pillar, foi uma vilã marcante tanto para a atriz como para o público, que chegou a acreditar que a ex-presidiária, que cumpriu pena por 18 anos, havia sido acusada injustamente pela morte de seu pretendente, o herdeiro de uma fábrica de papel e celulose, Marcelo (Flávio Tolezani). Passando-se por ingênua, ela tentou conquistar a confiança da filha, Lara (Mariana Ximenes), que havia sido criada por sua rival, Donatella (Claudia Raia), sem sucesso, passou a mostrar sua verdadeira face e confessou ter assassinado Marcelo. Sua arma favorita era o revólver.

Nazaré (Renata Sorrah) em Senhora do Destino (Divulgação/TV Globo)

NAZARÉ, de Senhora do Destino

Umas das mais lembradas vilãs dos últimos anos, a personagem de Renata Sorrah impactou por também matar seus oponentes. A escada de sua casa serviu como ferramenta principal para o crime, mas ela não parou por aí. Além de eliminar o ex-marido em casa, usou outros métodos como tesouras, veneno e até mesmo um ventilador ligado jogado na banheira para aniquilar seus oponentes. Divertida com auto-estima invejável, conquistou o público por ser desbocada e sempre colocar apelidos em seus desafetos.

Magnólia (Vera Holtz), de A Lei do Amor (Reprodução)

MAGNÓLIA, de A Lei do Amor

Mau-caráter e ambiciosa, a mulher, feita por Vera Holtz, sempre viu no dinheiro o que precisava para ter poder e controlar tudo e todos. Como a maioria das vilãs, ela fez tudo às escondidas e tinha uma pose de santa na frente de toda a cidade. Mesmo nos momentos em que foi confrontada, negou na cara dura seus pecados. Porém, quando se viu acuada, de fato, matou. Eliminou alguns de seus inimigos sem muita piedade. Um exemplo emblemático foi Beth, personagem de Regiane Alves.

Lívia (Claudia Raia) em Salve Jorge (Divulgação/ TV Globo)

LÍVIA, de Salve Jorge

Bandida, envolvida com o tráfico internacional de mulheres, a personagem de Cláudia Raia começou a matar o povo com uma seringa. Inicialmente, a personagem gerou um estranhamento no público, mas logo suas loucuras foram se justificando. De calculista e voltada para o dinheiro, ela se revelou frágil e perigosa quando se apaixonou por Théo (Rodrigo Lombardi), o galã da trama. Vale lembrar que um dos assassinatos que mais impressionaram foi o de Rachel (Ana Beatriz Nogueira).

Adma Guerreiro (Cássia Kiss) em Porto dos Milagres (Divulgação/ TV Globo)

ADMA, de Porto dos Milagres

Não é possível esquecer a personagem de Cássia Kis Magro já que ela matava suas vítimas com um veneno poderoso, que guardava em um anel. Tudo isso para proteger seu esposo, Félix (Antonio Fagundes). A primeira dama da cidade de Porto dos Milagres não suportava a ideia de perder sua posição de poder, e eliminava todos aqueles que sabiam de seu grande segredo: Ela havia encomendado a morte de Arlete (Letícia Sabatella), prostituta que deu à luz o verdadeiro herdeiro da fortuna de Bartolomeu, seu cunhado, e irmão gêmeo de Félix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio