Cid Moreira revela que teve cachorras envenenadas por causa do Jornal Nacional

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Conhecido pela longa carreira que teve no jornalismo, principalmente na TV Globo, Cid Moreira resolveu revelar pelo Instagram nesta quarta-feira (8) uma grave situação que viveu na época que era um dos apresentadores do Jornal Nacional.

“Certa vez, eu estava
anunciado, durante o JN, um ‘bandido’ perigoso que havia sido pego pela
polícia. E no dia seguinte, a viralatinha que eu amava apareceu morta
envenenada. Corri com ela para o veterinário e não adiantou”, iniciou o famoso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu morava em
Jacarepaguá [Zona Oeste do Rio]. Dois dias depois mais uma morreu. Uma policial
capa preta. Ela apareceu, pela manhã, quase morta na porta de minha casa,
arranhando a porta e gruindo. Fiquei muito assustado, é claro!”, apontou o
profissional.

“Chegando à TV
naquela tarde, encontrei uma colega jornalista que me disse o seguinte: ‘Estive
lá em Bangu e um preso perguntou para mim como estavam as cachorras do Cid
Moreira. O que aconteceu?’. Eu contei para ela e daí decidi e me mudei em uma
semana para bem longe. O bandido disse a repórter que o pai dela havia sofrido
um enfarte porque o filho foi chamado de bandido pelo Cid Moreira! Vejam só!”,
concluiu Cid.

Veja:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais