Chegada de Roda de Fogo ao Globoplay faz renascer debate sobre autoria da novela

Oficialmente, a obra é escrita por Lauro César Muniz, com colaboração de Marcílio Moraes

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta semana, a novela Roda de Fogo (1986) entrou para o catálogo do Globoplay. Isso fez ressurgir controvérsias quanto a autoria e os autores Lauro César Muniz e Marcílio Moraes.

De acordo com informações da colunista Patrícia Kogut, do Jornal O Globo, Marcílio publicou um texto em seu site em que desenterra um debate sobre os créditos da trama. “Criei a primeira sinopse. Como eu era um iniciante na TV, foi chamado o Lauro César Muniz para assumir a novela”, escreveu ele.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vale lembrar que o folhetim foi ao ar originalmente entre agosto de 1986 e março de 1987, em 179 capítulos. Tarcísio Meira, Bruna Lombardi, Renata Sorrah, Cecil Thiré, Eva Wilma, Osmar Prado e Felipe Camargo integram o elenco principal. 

A direção é de Dennis Carvalho e Ricardo Waddington, direção-geral de Dennis Carvalho e direção executiva de Paulo Ubiratan. Inicialmente, a novela ganhou o título provisório de Prova de Fogo. As primeiras cenas foram gravadas em Brasília.

Recentemente, Marcílio Moraes foi tema de um vídeo no canal do Observatório da TV no YouTube. Confira: 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio