Chefe de cozinha coloca pitada de sorte no Topa ou Não Topa

Publicado há 9 meses
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O último participante do ano do Topa ou não Topa é o Marcos Antônio Conceição de Oliveira, baiano de Itacaré e mais conhecido como Chefe Meia-Noite. Meia-Noite costuma dizer que não escolheu a gastronomia, foi a fome que o levou até ela. Aos 11 anos, fugiu de casa para tentar uma vida melhor, trabalhou na roça, lavou carro, tornou-se guia turístico e professor de capoeira.

Esperto, foi trabalhar em restaurantes pois sabia que lá teria comida garantida. Lavou pratos, limpou chão, picou legumes, aprendeu, cresceu, cursou gastronomia e acabou se tornando um grande chefe de cozinha. Hoje, Meia-Noite dá cursos, onde capacita jovens carentes na gastronomia, dá consultoria em restaurantes e faz eventos culinários particulares.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais