Chefão da CNN Brasil fala sobre confusão com Gabriela Prioli e saída de Gottino

Para executivo, comentarista é prata da casa e jornalista deve ser feliz na Record

Publicado há 3 dias
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O CEO da CNN Brasil, Douglas Tavolaro, falou sobre duas das maiores polêmicas que em envolveram o canal, em menos de 100 dias depois da estreia. A primeira delas envolve a comentarista mais popular do canal, Gabriela Prioli.

A advogada e professora de Direito pediu para sair da emissora depois de ser, grosseiramente, interrompida por Reinaldo Gottino. A postura dele foi muito criticada nas redes sociais. Mas Tavolaro minimizou o episódio.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A Gabriela é uma prata da casa, um supertalento. Ela ganhou projeção nacional com a CNN e é um talento de comunicação, de oratória. O que aconteceu foi um episódio pontual”, disse ao site UOL.

Na sequência, já falou sobre o futuro com ela, com novo programa. “Ela continuou no canal e está agora num projeto que a gente vê muito potencial, o CNN Tonight. Estamos muito animados. Ela, o Leandro Karnal e a Mari Palma vão estrear na primeira quinzena de julho, de segunda a quinta”, contou.

Douglas Tavolaro, CEO da CNN Brasil (Divulgação)

Na mesma entrevista, Tavolaro falou ainda sobre a perda de Gottino para a Record. “Não considero ter dado errado. Foi uma decisão de carreira dele, que eu respeito. Quis tomar um outro rumo profissional. Segundo ele, uma proposta financeira muito melhor do que ele tinha na CNN. E ele tem que seguir o que é melhor para ele, para a vida dele”, avaliou.

E, por fim, demonstrou não ter nenhuma mágoa. “A gente respeita muito ele; ele foi muito importante para o lançamento. É uma pessoa ótima, caráter ótimo, uma pessoa que admiro muito. E tomara que ele seja feliz na Record”, concluiu Tavolaro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais