Chef de programa culinário da TV Aparecida disputa prêmio na França

Publicado há um ano
Por Muka Oliveira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Conhecido do público pelo programa Chefs em Ação, da TV Aparecida, o chef Fernando de Oliveira, vai participar do Mundial du Pain, que acontecerá na cidade francesa de Nantes, entre os dias 20 e 23 de outubro. A competição reunirá profissionais de várias nacionalidades, que irão disputar o título de melhor padeiro do mundo. O tema do Mundial neste ano é As Olimpíadas. 

Equipe do Brasil

A
equipe brasileira é composta por três padeiros: o competidor Fernando de
Oliveira, o cummins (auxiliar de padeiro) Lucas Mariano, e o coach, Johannes
Roos. No regulamento da competição, cada candidato tem 8 horas para entregar
120 pães para serem avaliados pela comissão organizadora. Dentre os tipos de
pães a serem apresentados ao corpo de jurados estão as baguetes, croissants,
pães com fermentação natural, pão com ingrediente típico do Brasil, pão
nutricional, sanduíche e a escultura feita de massa de pão, respeitando a
tabela de cores fornecida pela organização.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Até
o momento foram realizados quatro treinamentos simulando o dia da competição e
os integrantes obtiveram resultados satisfatórios.

A
equipe do chef Fernando de Oliveira embarca para a França em 12 de outubro para
realizar outros treinamentos na sede da Puratos, principal patrocinadora dos
brasileiros.

Fernando
de Oliveira, Diretor da Escola do Padeiro e Confeiteiro, localizada em Vinhedo
(SP), é o atual vencedor da seletiva Mundial du Pain Brasil, que
aconteceu em julho de 2018 durante a Fipan, em São Paulo. Por ter vencido a
competição, o chef conquistou o título de melhor padeiro do Brasil e o prêmio
de melhor baguete, assim como a vaga para disputar o Mundial na França.

O
intuito da equipe brasileira é fazer um bom trabalho durante a competição para
apresentar ao mundo os nossos ingredientes e a nossa cultura, e acima de tudo
mostrar que brasileiro também sabe fazer pão e, dessa forma, abrir as portas
para outros padeiros para que, futuramente, consigam participar de outras
competições.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio