Central da Copa erra ao explicar tecnologia do chip da bola da Copa do Mundo; entenda

Publicado há 3 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O programa Central da Copa surpreendeu os telespectadores, neste sábado (16) ao fazer uma explicação incorreta sobre a bola da Copa do Mundo da Rússia. O objetivo do programa da Globo era mostrar o chip que está inserido na bola para transmitir informações da linha do gol para o árbitro.

Mas, para encontrar o objeto, o comentarista Caio Ribeiro e a DJ Barbara Labres simplesmente rasgaram uma bola oficial do mundial. No entanto, a peça não é a mesma usada nas partidas oficiais. A Fifa usa as tecnologias VRA e Goal-Line Technology. O chip mostrado no programa, entanto, é um NFC utilizado para interagir com o celular do dono da bola.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Narrador Cléber Machado chama a atenção na Copa do Mundo

O episódio, porém, repercutiu nas mídias sociais, inclusive no Twitter. O usuário Yves Andrade exclamou: “Os caras destruíram uma bola oficial à toa. Jesus do céu, que lambança desgraçada. Ê, Leifet!”. “Tiago Leifert acaba de mentir para o povo brasileiro em rede nacional. Alguém liga para o Roberto Marinho e manda demitir”, brincou Henrique. Mateus Valentino disse: “Gente esse chip aí é o NFC para o aplicativo, não tem nada haver com a tecnologia de identificação de gol. Alô, alô, Central da Copa”.

Emissoras concorrentes colocam logotipo da Globo na tela; veja por quê

A Globo é detentora exclusiva dos direitos de transmissão da Copa do Mundo da Rússia, no Brasil. Com isso, as demais emissoras que querem mostrar os gols da competição precisam pedir autorização para a emissora carioca. Assim sendo, o canal distribui as imagens para as concorrentes, mas com uma condição: elas precisam exibir o material com o logotipo da Globo no canto superior direito.

Isso não ocorreu no passado. Antes, os canais colocavam a marca da emissora carioca embaixo, no lado direito mesmo. E, muitas vezes, ficava sumida, já que a maioria dos outros canais também coloca seu logotipo ali. Agora, a marca da Globo chama toda a atenção, definitivamente.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio