BOLSOMINION

Cássia Kis pede boicote contra William Bonner e jornalistas da TV Globo e é denunciada após surto no WhatsApp

Mais de 20 denúncias já foram registradas contra a atriz no compliance da emissora carioca

Publicado em 08/11/2022

Nesta terça-feira (08), a atriz Cássia Kis, de 64 anos, que atualmente vive a personagem Cidália em Travessia, foi denunciada novamente ao compliance e à ouvidoria da TV Globo, depois de uma nova discussão no WhatsApp por não aceitar a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na eleição presidencial. A veterana já havia sido denunciada ao compliance por um grupo de atores por assédio e homofobia, após a entrevista com a jornalista Leda Nagle na semana passada.

De acordo com o portal Notícias da TV, a apoiadora radical de Jair Bolsonaro (PL) pedia o boicote de jornalistas como Natuza Nery, Andréia Sadi, Flavia Oliveira e até mesmo William Bonner, em uma mensagem publicada em um grupo de apoiadores do candidato derrotado para presidente.

Ainda segundo a publicação, uma das jornalistas do Grupo Globo decidiu fazer uma denúncia formal contra a atriz, pedindo providências do canal sobre as mensagens publicadas por Cássia Kis contra a honra dos jornalistas da empresa.

Outros quatro produtores também registraram denúncias contra a veterana, alegando omissão por parte da TV Globo em não aplicar nenhuma punição a atriz, já que Cássia Kis continua frequentando atos antidemocráticos e incitando o ódio da sociedade contra o resultado das urnas.

Até o momento, mais de 20 denúncias já foram registradas ao compliance da emissora dentre atores, atrizes, diretores, roteiristas, jornalistas e produtores contra Cássia Kis. Entre as alegações foram apontados tópicos como assédio moral, homofobia dentro e fora do ambiente de trabalho e comportamento inadequado da veterana nos bastidores de Travessia.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade