Cássia arma escândalo ao ver Agno e Leandro em momento íntimo

Publicado há um ano
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agno (Malvino Salvador) convida Leandro (Guilherme Leicam) para jantar íntimo em seu apartamento, em A Dona do Pedaço. O empresário tem se sentido infeliz, desde que expulsou o rapaz de sua casa por ser pistoleiro. Agora, se reaproximando, o capixaba lhe prepara uma moqueca, típica do seu estado.

No meio do jantar a dois, a campainha toca e Agno se depara com Cássia (Mel Maia), sua filha que não aceita sua homossexualidade. Ela chega já dizendo que quer ter uma conversa séria, mas se depara com Leandro no local. Agno se apressa em explicar: “Filha… o Leandro veio fazer um jantar para mim. Por amizade”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leandro chama ela e seu amigo Merlin (Cadu Libonati) para sentarem à mesa, o rapaz se anima, mas Cássia se recusa. Ela diz que já está de saída. “Vim… mas não esperava te encontrar acompanhado. Pai… parece que faz questão de me fazer sentir mal. (…) Eu não aceito, pai. Vou embora”, diz a menina.

“Não vá embora, Cássia, a gente se vê tão pouco. Eu sei que não sou o pai que você queria, mas você é minha filha, tão querida… não vá”, pede Agno. Mas ela passa a ser mais rude. “Eu não vou ficar olhando você aqui com ele”, afirma acrescentando que tem horror ao pai. Neste momento, Leandro se intromete e a chama de egoísta.

Lição de moral

“Meus pais me deram pra outra família criar. Diz que meu pai chamava Leandro que nem eu. Fui criado pela família do Adão… como irmão do Chiclete, mas nunca me consideraram realmente da família. Eu sempre fui o… acolhido… o criado… por caridade. Carinho… até tive algum, mas não como seu pai tem por você. Não… era uma gente rude, tosca, cascuda. O que é ruim, garota, é não ter um pai que ama a gente. Um pai que dá a gente pra outra família criar. (…) Aceita teu pai como ele é. Tenho certeza, melhor é ter um pai… um pai que gosta da gente”, argumenta o capixaba.

Mas ela não leva as palavras de Leandro a sério. “Que sorte cê tem, pai. Arrumou quem te defenda. Mas é claro que ele ia te defender. Óbvio”, diz. Agno explica que eles são só amigos, mas ela não quer mais ouvi-lo. “Ainda consegue mentir pra mim? Termina de comer essa moqueca. Eu não vou ficar aqui. E você, não precisa defender meu pai. O pai é meu, a família é minha. Faz favor, faz como eu pedi. Não se intromete!”, afirma e vai embora, deixando Agno arrasado.

As cenas vão ao ar a partir do capítulo 103, em 15 de setembro.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos da novela A Dona do Pedaço

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV Globo, SBT, Record TV e Band.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio