Casal indígena rasga contrato proposto por Luciano Huck e fatura bolada no Caldeirão

Txãdá e Daosha, do Acre, conquistaram mais de R$ 100 mil

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O casal Txãdá e Daosha, indígenas do povo Shawãdawa, no Acre, participaram do The Wall, do Caldeirão do Huck, de sábado (17). Eles foram ao programa com o objetivo de conseguir recursos para investir no projeto que envolve a comunidade deles na aldeia.

O casal faturou R$ 102 mil. Os dois rejeitaram a proposta feita pelo apresentador Luciano Huck, de R$ 35.624, rasgaram o contrato e preferiram confiar no resultado conquistado no jogo, levando a melhor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Essa é nossa caminhada, como guardiões da floresta. E que a gente tenha força para nunca desistir, nunca deixar esse projeto de lado”, disse Daosha ao marido antes de saber do resultado. 

“Na próxima segunda-feira (19) é o dia do índio e então a gente fez questão de trazer esse conteúdo para mistura do Caldeirão, nesta data, para ter um representante da nossa cultura ancestral”, destacou Luciano Huck.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio