Carolina Dieckmann comenta mudanças na Globo e entrega para papéis: “Rasparia a cabeça de novo”

A famosa destacou que não possui vaidade na hora de atuar

Publicado há 9 meses
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Longe da TV desde que atuou em O Sétimo Guardião (2018), Carolina Dieckmann foi entrevistada por Leo Dias e questionada sobre as mudanças que estão acontecendo na Globo, que passou a dispensar grandes artistas e optar por contratos por obra.

“Não é uma coisa da Globo, é uma coisa do mercado. A comunicação está se transformando profundamente, os anunciantes estão tendo mais opções, tá todo mundo tendo que se adaptar a uma nova maneira do mercado se comportar e a Globo não pode ficar estagnada”, analisou a estrela.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Ela tem aí o Globoplay. Inclusive quando eu fiz a série Treze Dias Longe do Sol, era um projeto do Globoplay, depois eles decidiram colocar na grade da Globo. Acho que é muito natural toda essa mudança”, refletiu a famosa.

“E essa coisa dos contratos da Globo, isso é um modelo que em muitos lugares não existe. Inclusive nas plataformas de streaming, as pessoas fazem uma série na Amazon, daqui a pouco na Netflix”, exemplificou.

Com relação à vida profissional, a loira disse que quer passar por muitos desafios ainda. “Eu vivo dizendo, porque é a coisa mais radical que eu já fiz, se alguém chegar agora e falar ‘Carol, vai e raspa a cabeça’, eu rasparia de novo”, garantiu.

“Não acho que já cheguei num lugar que não preciso de uma coisa ou de outra. Isso pra mim não existe”, enfatizou Dieckmann, dizendo ter desapego total da imagem na hora de encarnar um personagem e que faria o que for necessário na criação.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio