Carol Peixinho torce para que André vença o No Limite: “Competitivo, mas tem resiliência”

Eliminada ainda diz que ele se tornou um irmão para ela

Publicado em 14/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sem poder vencer o prêmio de meio milhão do No Limite, Carol Peixinho declara que André é a melhor opção para que o público eleja como vencedor no dia 20 de julho. Para ela, ele tem as características ideais de um participante de um reality show de sobrevivência.

Ao ser questionada quem deveria vender, Carol Peixinho não pensou duas vezes antes de responder: “André, com certeza. Ele é um cara muito calmo. A gente tem essa resiliência, essa forma de pensar, de olhar pro outro, de ouvir. Pelo olhar a gente ja sabia a decisão que o outro ia tomar”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ela disse que no final da sua participação no programa, eles foram ficando mais próximos: “Os participantes foram saindo e ficamos cada dia mais parceiros. Ele foi meu aliado até o final e é um grande amigo aqui fora. Ganhei esse irmão no jogo. É um cara que ouve, que fala com todo mundo com respeito. Eu torço muito para que ele ganhe, ele merece”.

Para ela, a tribo rival é poderosa pois se uniram mais e mesmo na Tribo Jandaia eles se protegem: “Todos da Carcará eram grandes adversários para mim. Eles formaram uma tribo muito unida no jogo – estão certíssimos! Era nítido que eles não votariam entre si. Paula, Elana, Zulu e Viegas são competidores bem fortes e eu sabia que, com a junção, todos nós seríamos alvos”. 

A cobertura completa de No Limite você confere no Observatório da TV e em nosso canal no Youtube

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio