Carol Peixinho revela o que mais queria no No Limite: “Testar meus limites”

Apesar de ser eliminada e não ganhar o prêmio, ex-participante diz que faria tudo novamente

Publicado em 14/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carol Peixinho foi uma das jogadoras mais fortes do No Limite e talvez por isso, tenha se tornado alvo dos integrantes da antiga Tribo Carcará. Apesar de ter sido eliminada, ela diz que a experiência foi maravilhosa e confessa que faria tudo de novo se fosse possível.

Em entrevista, Carol Peixinho comenta os motivos pelos quais ela decidiu topar esse desafio: “Eu gosto de reality show, né? Topei encarar esse desafio para descobrir como eu iria me comportar, o que eu iria aprender e testar meus limites. E também pelo prêmio, né? Ninguém quer passar perrengue à toa”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para ela, não houve nenhum momento ruim dentro da tribo, com as provas ou com os integrantes: “A experiência foi a melhor possível e só levo momentos de felicidade. Conheci pessoas incríveis, aprendi muito sobre resiliência e acordei todos os dias querendo muito estar lá. Eu amei, faria tudo de novo”.

Sobre sua equipe, a Tribo Calango, Carol fala com orgulho e saudade dos momentos que viveu com os amigos: “A minha tribo é good vibes, né? eu ouvi muita gente falando que o Calango não tem sangue no olho, que a gente é mole. Não, gente. Calango tem muito sangue no olho, tem resiliência, Calango se diverte no perrengue, Calango se doa. É uma tribo que foi para vencer sim, mas que antes de qualquer coisa, está ligada ao amor e a união. Eu caí na tribo certa”.

A cobertura completa de No Limite você confere no Observatório da TV e em nosso canal no Youtube

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio