Carla Diaz é procurada pela polícia por preconceito racial: “Racismo reverso não existe”

Atriz contou que situação começou com ela ainda confinada no reality show da Globo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz e ex-BBB 21 Carla Diaz contou através dos Stories de seu perfil no Instagram que foi surpreendida pela presença da polícia em sua casa para prestar esclarecimentos sobre um procedimento de preconceito racial, com ela como vítima. 

“Essa semana eu fui surpreendida por um policial da Decradi, delegacia de crimes raciais”, relatou. “Sim, bateram na minha porta. Eu levei um susto, óbvio, até porque alguém pediu para a delegacia instaurar um inquérito e eu vou ter que prestar esclarecimentos sobre um procedimento de preconceito racial”, explicou. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Sim, como se eu fosse a vítima. Como se eu tivesse sido vítima de discriminação. Quero dizer que acho isso tudo um absurdo. Não tenho mais detalhes, o meu advogado já está vendo isso”, acrescentou. “Eu acho importante afirmar aqui que racismo reverso não existe, destacou a atriz. 

Segundo Carla Diaz, a situação começou com ela ainda confinada no BBB 21. “Isso tudo começou quando eu ainda estava na casa, usaram o meu nome sem o meu conhecimento para me colocar nessa situação”, contou. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio