Canonização de Irmã Dulce mobiliza TVs e até Globo fará transmissão ao vivo

Publicado há um ano
Por Gabriel Vaquer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Chamada por todos como o “anjo bom da Bahia”, Maria Rita de Sousa Brito Lopes Pontes, a Irmã Dulce, vai virar santa neste domingo (13). A canonização de Irmã Dulce fará boa parte dos baianos acordar cedo em pleno fim de semana. O que chama a atenção é que grande parte das emissoras, tanto locais, quanto as redes nacionais, darão grande destaque para o evento.

A Globo fará uma transmissão especial conjuntamente com o canal pago Globo News. Maria Beltrão e Gerson Camarotti apresentam a solenidade a partir das 5h da manhã, com comentários do Monsenhor André Sampaio e participação dos correspondentes Ilze Scamparini e Rodrigo Carvalho diretamente do Vaticano.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na Bahia, a TV Bahia, afiliada da Globo no estado, fará a sua própria transmissão e terá o jornalista Ricardo Ishmael, enviado para o Vaticano, comandando tudo. O horário será o mesmo da transmissão da Globo, mas haverá abertura para o sinal nacional.

A única emissora que não fará registro será a Record TV, que tem feito uma cobertura discreta do fato. No SBT, reportagens serão exibidas. Na TV Aratu, afiliada do SBT na Bahia, o programa Liga da Madruga exibido das 4h às 6h30, vai fazer a transmissão ao vivo da canonização. A emissora enviou o repórter Chico Lopes para o Vaticano.

A Band e a RedeTV! estão fazendo a cobertura jornalística do evento. Sônia Blota foi enviada pela emissora do Morumbi e está produzindo conteúdo para os telejornais da emissora. Enquanto isso, a RedeTV! deslocou o seu correspondente na Europa para a cobertura.

Por fim, a TV Cultura de São Paulo irá retransmitir a cobertura da TVE Bahia, canal público da Bahia que fará a exibição do evento. A transmissão também começará a partir das 5h.

Emissoras católicas também transmitirão canonização de Irmã Dulce

Pelo menos três emissoras católicas confirmaram que vão exibir a canonização de Irmã Dulce ao vivo: a Canção Nova, a Rede Vida e a TV Aparecida. Todas elas tem grande penetração nas grandes cidades do Brasil por conta do sinal digital em UHF. Algumas delas também estão disponíveis em operadoras pagas.

A cobertura considerada mais caprichada será a da TV Aparecida. A emissora promete que os jornalistas da TV Aparecida, formada por Ana Neri, Felipe Melo, Polyana Gonzaga e o cinegrafista Diego Rosa, estarão na Praça de São Pedro para a transmissão.

O canal católico será a única emissora que vai exibir, no dia 20 de outubro, às 17h, a missa, aqui no Brasil, em homenagem à Irmã Dulce. A missa será celebrada na Arena Fonte Nova em Salvador (BA).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio