Canais pornôs da Playboy/Globosat terão mulher à frente pela primeira vez

Publicado há 10 meses
Por Arthur Pazin
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os canais pornográficos do grupo Playboy/Globosat terão, pela primeira vez, em 26 anos, uma mulher à frente de seus projetos. Trata-se da ex-gerente de Marketing do Grupo Playboy Brasil, Cinthia Fajardo, que está entrando no lugar de Maurício Paletta, que deixa o posto após 12 anos no grupo.

A informação foi divulgada pelo jornalista Ricardo Feltrin, em sua coluna do UOL. Segundo o colunista, Cinthia já participou de vários eventos e “Oscar” do pornô pelo mundo e é considerada exemplo de empoderamento feminino no setor, que é um dos mais lucrativos no universo das TVs por assinatura.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atualmente, os canais eróticos da Globosat/Playboy possuem em torno de 400 mil assinantes fixos. Além disso, aproximadamente 2 milhões de filmes adultos são vendidos on demand por ano.

Desfalque na Globosat

Maurício Paletta atuou por 24 anos no Grupo Globo. O executivo trabalhou 10 anos grupo Telecine, dois na Globosat e 12 anos no setor pornô. O executivo, que é considerado o “pai” do Prêmio Sexy Hot, o Oscar do pornô brasileiro, é a segunda perda do grupo nos últimos tempos.

Em novembro, Alberto Pecegueiro, diretor-geral, pediu demissão do grupo, ficando apenas como consultor.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais