Camilla de Lucas, Fiuk e Juliette destacam os pontos fortes de sua trajetória que os levaram à final do BBB 21

Os brothers analisam os pontos marcantes de suas trajetórias no programa

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Falta apenas um dia para conhecermos o campeão ou a campeã do BBB 21 e os brothers finalistas estão ansiosos para saber quem será o novo milionário do pedaço. Tiago Leifert aproveita a segunda-feira (3) que antecipa a grande final para conversar com Camilla de Lucas, Fiuk e Juliette.

O apresentador quer saber qual ponto forte da personalidade de cada um dos finalistas os trouxe até a final do programa. “Por que vocês merecem o prêmio?”, questiona Tiago.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A influenciadora digital fala sobre seu jeito observador e atento a tudo ao seu redor: “Meu ponto forte aqui dentro foi olhar, observar muito bem. Eu entendo quando a gente mora em um lugar que a gente tem que ficar muito atento a tudo o que acontece”. A sister carioca continua: “Isso também me fez fugir de vários Paredões, porque acabei criando alianças com pessoas que, obviamente tinha a questão sentimental, mas que parecia ser mais próximo ao que eu via como honesto”.

“Acredito que entrei aqui com o que eu tenho, que é sensibilidade e transparência. Sempre fui muito fiel a isso. Nunca me senti o dono da razão aqui, mas sempre fui muito transparente”, destaca o cantor e ator, que completa: “Nunca fui cabeça dura, talvez tenha sido um ponto”.

Já a advogada ressalta sua coragem para seguir em frente: “Entrei aqui achando que ia arrasar, que meu ponto forte seria a empatia. Aprendi muito a me colocar no lugar do outro antes de julgar. Ouvir as pessoas antes de me posicionar. Jurava que a empatia ia me levar longe, quando cheguei aqui percebi que não era fácil. Que as pessoas não queriam ouvir e ter o acolhimento que eu queria dar. Quando vi que as pessoas não queriam, eu me perdi. E me perdi de mim. Fiquei desesperada, não conseguia ser eu. Depois fui me resgatando aos poucos”.

Por fim, Camilla de Lucas apontou a importância dos debates sociais que o Big Brother Brasil 21 proporcionou, como a discussão racial após o comentário de Rodolffo sobre o cabelo black power de João Luiz. Fiuk finaliza reforçando o discurso de Juliette, exaltando a coragem e a força para seguir firme no jogo que os três finalistas demonstraram.

A cobertura completa do BBB 21 você acompanha no Observatório da TV!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio