Caldeirão do Huck conta a história de bailarina do Complexo do Alemão

Publicado há um ano
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Neste sábado, dia 31, o Caldeirão do Huck conta a história de Tuany, bailarina e professora de balé do Morro do Adeus, localidade do Complexo do Alemão, zona norte do Rio de Janeiro.

Aos 5 anos, Tuany começou a dançar num projeto social e nunca mais parou. Enquanto ensaiava em uma quadra no morro, ela chamou a atenção de meninas da comunidade, que começaram a assistir-lhe.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A moça passou a dar aulas para as jovens, mas logo a quadra de cimento, sem espelhos ou barras, ficou pequena para o grupo de 40 crianças. Hoje, Tuany está mobilizando a comunidade num mutirão para construir uma escola de dança.

Ainda no programa, Ana Furtado, Fábio Porchat e Camila Queiroz são os jurados do Gonga La Gonga e analisam atrações dos participantes deste sábado. O trio entra na brincadeira com os competidores em suas apresentações, sem esquecer da gongada que pode interromper os números.

Já no Quem Quer Ser Um Milionário, Carlos Alexandre, um servidor público de Naviraí (MS), e Nathália do Nascimento, doutoranda de Feira de Santana (BA), enfrentam o desafio em busca do grande prêmio de até R$ 1 milhão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais