Caldeirão atinge marca histórica e Luciano Huck faz discurso emocionante; saiba tudo

Publicado há um ano
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Caldeirão do Huck chegou a mil edições na Globo. A atração, que foi ao ar pela primeira vez no ano 2000, segue firme como principal produto das tardes da rede carioca. Ao longo de sua história, a emissora carioca apostou muito em formato – alguns deles internacionais -, que se tornaram a marca registrada do vespertino. Quem não se lembra do Lata Velha? Ou do Lar Doce Lar?

Mais recentemente, grandes franquias internacionais desembarcaram na atração, com um aparato de superprodução, como o The Wall e o Quem Quer Ser um Milionário?. Com tudo isso, o apresentador Luciano vê no programa um projeto vitorioso dos Estúdios Globo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu só posso agradecer muito, do fundo do coração, essa relação tão profunda e íntima que a gente criou. O quanto aprendi nesses mil programas. O quanto melhorei como filho, como marido, como pai, como cidadão… Eu sou uma pessoa transformada graças a vocês. Se não fosse vocês, que estão assistindo todo sábado comigo, e vocês, que vêm aqui todos nos prestigiar, eu não estaria mais aqui e não teria me transformado como me transformei”, afirma emocionado.

Huck ainda falou as pessoas que envolvem o programa e se mostrou grato: “Pode parecer que o Caldeirão impacta na vida das pessoas, mas garanto a vocês que o impacto é muito maior em mim e nas pessoas que trabalham incansavelmente para que, a cada sábado, vocês tenham uma inspiração e emoção diferentes. Obrigado, do fundo do meu coração, pela confiança e pelo carinho a esses mil episódios do programa. E palmas para todos que nos ajudaram a construir isso”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais