Caio Ribeiro discorda de Galvão e se revolta com juízes da Olímpiada: “Roubaram o Medina e a Portela”

Comentarista se exaltou durante transmissão ao vivo

Publicado em 28/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As avaliações de alguns juízes nos Jogos Olímpicos de Tóquio têm causado indignação não somente nos atletas como também nos telespectadores e comentaristas das disputas. Um deles foi Caio Ribeiro, comentarista da Globo, que não se aguentou e disparou ao vivo que o Brasil foi roubado em duas situações: na final do surf, com Gabriel Medina, e na eliminatória do judô feminino, com Maria Portela.

Caio Ribeiro estava junto a Galvão Bueno na transmissão de Brasil x Arábia Saudita no futebol masculino, quando o narrador quis falar sobre os possíveis erros da arbitragem, ao vivo. No entanto, Galvão disse que não usaria o termo “roubo”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao discordar de Galvão, o comentarista o interrompeu veementemente, dizendo que se trata, sim, de um roubo contra os esportistas brasileiros. “Roubaram o Medina e a Portela hoje também. A gente tem dois grandes comentaristas, dois caras que estiveram lá dentro. Quando os dois falam que: ‘é wazari, não entendi a decisão’, para mim acabou a discussão”, opinou Caio, bastante indignado.

Avaliações polêmicas

Uma delas foi no resultado de Gabriel Medina na última disputa do surf, que perdeu para o japonês Kanoa Igarashi na última segunda-feira (26). De acordo com os juízes, o surfista brasileiro deixou a desejar em uma das manobras e por isso teve nota mais baixa. Entretanto, especialistas no esporte e os comentaristas acreditam que ocorreu incongruência na avaliação.

A segunda polêmica envolvendo os juízes da Olimpíada foi durante a madrugada desta quarta-feira (28), quando a judoca Maria Portela fez golpes necessários à disputa, entretanto, que não foram reconhecidos no Golden Score pelos analisadores. Com isso, a atleta brasileira perdeu com a alegação de falta de combate e foi eliminada.

Os internautas não demoraram para se expressar nas redes sociais.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio