Caio Paduan fala sobre semelhança entre personagens de Verão 90 e O Outro Lado do Paraíso

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quem for conferir Caio Paduan na pele de Quinzinho em Verão 90, próxima novela das 19h da Globo, provavelmente terá uma leve sensação de deja vú. O novo papel do ator terá algumas semelhanças inevitáveis com seu trabalho anterior, o delegado Bruno de O Outro Lado do Paraíso, sucesso recente do horário nobre do canal carioca.

Tanto Bruno quanto Quinzinho viverão um romance obstaculizado pelo racismo. O primeiro, ao se apaixonar por Raquel (Érika Januza), teve de enfrentar o preconceito de sua mãe, Nádia (Eliane Giardini). Já no caso do segundo, o buraco é mais embaixo. Quinzinho terá que passar por cima dos próprios valores (ou falta deles) para assumir sua relação com Dandara (Dandara Mariana), moça de origem humilde e pele negra, como a de Raquel.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia mais: Verão 90: Vanessa descobre traição de Quinzinho

“O movimento é parecido, sim. Mas Quinzinho tem que lidar com seu próprio preconceito. O sentimento por ela [Dandara] o assusta, porque ele não para de pensar, a mão sua… Ele nunca amou assim. Mas como é um cara que pensa no status, na aparência, vai continuar com a noiva rica [Larissa, de Marina Moschen], mesmo com o coração sendo de Dandara”, revelou o bonitão, em entrevista ao jornal Extra.

Aliás, Quinzinho veio parar nas mãos de Paduan quase por acaso. A princípio, o personagem seria interpretado por Nicolas Prattes. Porém, o adiamento de Verão 90 e a escalação deste para protagonizar a trama anterior da faixa, O Tempo Não Para, obrigaram as autoras Izabel de Oliveira e Paula Amaral a escolherem outro intérprete para o playboy noventista.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais