Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Britto Jr. faz previsão sobre o futuro da TV caso Luciano Huck seja candidato à presidência

Publicado em 11/02/2018
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O jornalista e ex-apresentador da Record TV, Britto Jr. usou seu Instagram neste domingo (11) para traçar um possível cenário da televisão brasileira, caso se confirmem os boatos sobre a candidatura de Luciano Huck à presidência nos próximos meses. Segundo Britto, a Globo não medirá esforços para colocar Rodrigo Faro no lugar do apresentador do Caldeirão do Huck.

Segundo ele, devido à ligação com Luciano, Angélica também perderia seu programa, e a Record TV como solução pela ausência de Faro, apostaria em deixar Geraldo Luís com um longo programa que ocupasse toda a tarde de domingo no canal.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

“Enquanto soam os tamborins na avenida, decisões importantes estão sendo tomadas no campo político. Afinal, este é um ano de eleições. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, ciente das dificuldades de emplacar a candidatura do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, tenta convencer de todo jeito o apresentador Luciano Huck a se lançar candidato à presidência da República. E o que poderá acontecer caso ele realmente tope? Na política, haverá mais um candidato com razoável chance de sucesso. Já na televisão brasileira serão abertos dois enormes buracos: tanto o programa de Huck quanto o de sua mulher, Angélica, deixarão de existir ao mesmo tempo. Por força da lei eleitoral, os sábados da Globo não poderiam mais ser ocupados por eles. E é neste ponto onde quero chegar! Acredito que o sucessor natural de ambos seja Rodrigo Faro, atualmente na Record. Podem estar certos de que a Globo não medirá esforços e cifras para tirá-lo de lá, mesmo tendo o apresentador acabado de renovar contrato”, iniciou ele.

Leia também: Chaves aparece na Globo e vira assunto na web

“Faro seria perfeitamente capaz de ocupar o posto de Huck, assumindo as tardes de sábado da principal emissora do país. Seria a sua grande chance, que ele vem aguardando há anos e merece. Mas, tudo dependerá de negociações e, principalmente, de uma decisão política: Luciano Huck aceita se candidatar, abrindo mão de tudo o que já conquistou na Globo ou prefere não arriscar? Já para a Record, a solução do problema seria simples, automática e com nome próprio: Geraldo Luís que, em vez de perder prestígio como tanto se comenta, teria o domingo inteiro para ele, preenchendo o espaço deixado por Faro. Por enquanto são apenas especulações baseadas na minha opinião pessoal, mas tudo faz o maior sentido. Eu torço para que isso aconteça, pois todos só tem a ganhar, inclusive eleitores e telespectadores. Novas opções são sempre bem vindas. A vida dá muitas voltas, não é mesmo?”, escreveu.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....