Brilhando em A Dona do Pedaço, Monica Iozzi relembra CQC: “Era um ambiente pesado”

Publicado há um ano
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Monica Iozzi está fazendo o maior sucesso como a Kim, de A Dona do Pedaço, da Globo. Na trama, ela interpreta uma assessora que sabe tudo de redes sociais da internet e está sendo elogiada também pela crítica. Nesta semana, ao falar sobre o sucesso, ela relembrou sua época de CQC, da Band, quando surgiu para o grande público brasileiro. Para Monica, o ambiente não era dos melhores.

“Eu acho que, eu sempre fui muito assim, de pensar que a gente tem que a gente tem que estar feliz com que a gente está fazendo. Então, a minha busca é sempre essa, é sempre me sentir com o que eu estou realizando naquele momento. E eu era muito feliz no CQC, mas, também, chegou um momento que eu comecei a querer outras coisas, era um ambiente pesado”, afirmou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E explicou que essa situação e sua paixão pela dramaturgia impulsionaram a mudança na carreira. “Então, eu falei ‘acho que deu, acho que eu cumpri o que tinha para cumprir, aqui. Vamos para a próxima. E eu estava sentindo muita falta de trabalhar como atriz, que essa é a minha formação. Era nisso que eu trabalhava antes de vir para a televisão. Eu fiz faculdade de artes cênicas. É a minha grande paixão”, disse.

Mudança de emissora

Ao chegar na Globo, no entanto, ela não foi direto para as novelas. Monica fez sucesso no comando do extinto Vídeo Show, algo que ela não planejava. “Mas essa coisa do ‘apresentadora’ surgiu no caminho. E eu não sou uma pessoa que me fecho muito. Eu acho que a vida é muito diversa, a gente tem que prestar atenção no que nos é apresentado. Aí, eu vim para cá [para Globo] fiz novela, foi ótimo. Quando surgiu o Vídeo Show, ‘vamos lá’. Mas eu também senti que eu ainda precisava e era um programa diário, era ao vivo, não dava para conciliar. Não conseguiria fazer o Vídeo Show e trabalhar como atriz. Isso aconteceu: durante 45 dias eu fazia a novela Alto Astral e apresentava o Vídeo Show”, contou.

Mas explicou ainda que não conseguiria manter essa rotina cansativa por muito tempo. “Eu fui muito feliz lá, mas foi realmente uma coisa de sentir, ‘poxa vamos aproveitar que deu certo, que está consolidado, que as pessoas gostam e vamos deixar esse trabalho bonito que foi, vamos fechar esse ciclo e começar um novo?’. E a Globo entendeu, como sempre me entende. A minha relação aqui dentro é de respeito, de troca”, concluiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio