Boni opina sobre a Globo: “Se não sair da mesmice, vai continuar o processo de perda de audiência”

O ex-chefão da platinada não economizou nas críticas

Publicado há 2 dias
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Conhecido pelo tempo que chefiou a TV Globo, Boni, que é dono da Rede Vanguarda, afiliada da platinada do interior de SP, não economizou críticas na hora de avaliar a poderosa e também a dificuldade da empresa em mudar a programação.

“É difícil mudar algo que deu certo durante muitos anos. Mas é preciso. Praticamente tudo aquilo que eu deixei lá, há 22 anos, continua rigorosamente igual. O público é ávido por novidades. Se a Globo não sair da mesmice, vai continuar o processo de perda de audiência. É preciso coragem. E eles têm quadros que podem liderar essa transformação”, declarou o profissional ao jornalista Tom Cardoso, do site NeoFeed.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Boni disse ainda que a CNN Brasil está fazendo um bom trabalho, mas que é preciso “melhorar muita coisa”. “O jornalismo não pode ficar em cima apenas de quatro ou cinco fatos. É preciso ter uma pauta mais extensa, oferecendo mais conteúdo e sobretudo mais opinião, com mais espaço para o contraditório. Os comentaristas dos telejornais brasileiros não divergem. Essa crítica vale principalmente para a GloboNews”, destacou o famoso.

“Outro dia, durante a cobertura da pandemia, dois comentaristas da GloboNews, o Gerson Camarotti e o Demétrio Magnoli, discutiram ao vivo. É algo tão raro de se acontecer, que a âncora tomou um susto. O que é uma exceção tinha que virar regra. A discordância enriquece o debate. Se todos pensam da mesma forma, a tendência é ficar tudo muito morno e chato”, concluiu Boni.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio